A fim de facilitar a sua consulta no nosso dicionário de criptomoedas, e ou, interpretação aqui serão colocados: Expressões, palavras, termos técnicos, utilizados no mundo das Criptomoedas.

Dicionário de Criptomoedas. Por ordem alfabética.

Dicionário de Cripto moedas

Livro Mágico

Pretendemos com este dicionário de criptomoedas facilitar a interpretação de alguns (muitos) termos técnicos utilizados no mundo das criptomoedas. Este Dicionário de Criptomoedas não tem a pretensão de ser o dicionário de criptomoedas perfeito, mas sim uma ferramenta que ajuda a entender melhor este tema. Se encontrar algum erro estamos ao seu dispor para fazer as correções necessárias.

Airdrop

Em Português, lançamento Aéreo ou ainda Lançado do Ar. No mundo das criptomoedas significa que ao participar no Airdrop da moeda ”exemplo” ganha-se gratuitamente algumas moedas “exemplo”. No fundo é apenas uma nova Startup, que através da oferta do seu token ou criptomoeda se dá a conhecer ao mundo. Uma forma de marketing para dar a conhecer um novo produto, entenda-se token. Para participar em Airdrop tem de estar atento ao mercado. São projectos no início que necessitam de alguma pesquisa para serem encontrados.

Altcoin

De modo muito simples, são todas as criptomoedas alternativas ao Bitcoin. O prefixo “Alt” vem da palavra “Alternative” em Português “Alternativa”. Por curiosidade a primeira Altcoin a surgir foi o ETH “Ethereum”.

AML

“Anti-Money Laundering” em Português “Contra a Lavagem de Dinheiro”. É uma prevenção à lavagem de dinheiro e está relacionado com as medidas e regulamentações estabelecidas para detetar, prevenir e combater atividades de lavagem de dinheiro, financiamento ao terrorismo e outras formas de crimes financeiros. No mundo das criptomoedas já existem alguns processos para evitar esses crimes, como é o caso do KYC.

AMM

AMM significa “Automated Market Maker”. Em criptomoedas, uma AMM é uma plataforma de negociação descentralizada que usa algoritmos matemáticos para estabelecer preços e lidar com transações. Em vez de um intermediário central, como uma exchange centralizada, as AMMs usam modelos matemáticos para determinar preços e facilitar transações. Isso permite uma negociação mais rápida, segura e justa, sem a necessidade de uma parte central confiável. Alguns exemplos de AMMs incluem Uniswap, Balancer e Curve.

Análise Fundamental

É uma avaliação que pretende determinar o valor intrínseco de uma criptomoeda, com base em fatores como dados financeiros, “quantos dólares de investimento no projeto”, a equipa de desenvolvimento, qual o problema que essa criptomoeda vem resolver, se é única ou há mais criptomoedas a resolver o mesmo problema. Como se prevê a sua adoção e quais serão os casos de uso dessa mesma moeda, quais as parcerias que o projeto tem e por último qual vai ser o comportamento da concorrência.

Análise On-chain

As transações de criptomoedas envolvem muitos dados, que se tornam indicadores importantes para o mercado. A Análise On Chain é precisamente identificar e estudar esses dados. Analisa os endereços de envio e recebimento, valores das taxas, quantidades de tokens transferidos, se transferidos para carteiras ou para exchanges e muito mais.

Análise Técnica

(Technical Analysis ou TA), também é conhecida como análise gráfica. A finalidade da análise técnica é prever o comportamento futuro da criptomoeda que se está a analisar.  Ou seja, com base no preço anterior e o volume transacionado tenta-se prever a evolução do preço da criptomoeda no futuro.

APR

Annual Percentage Rate ou em Português “Taxa de Percentagem Anual”. Funciona com base em juros simples. Como exemplo, coloca 100 unidades do token COMP, com uma APR de 10% Ano, no final do 1º ano tem 110 COMP, no final do 2º ano tem 120 COMP, no final do 3º ano tem 130 COMP e assim sucessivamente. Significa que os 10% são sempre sobre o valor base investido, neste caso 100 COMP.

APY

Annual Percentage Yield em Português “Rendimento Percentagem Anual”. Funciona com base em juros compostos, ou seja, ao valor base acumula os juros. Como exemplo, coloca 100 unidades do token COMP, com uma APY de 10% Ano, no final do 1º ano tem 110 COMP, no final do 2º ano tem 121 COMP, no final do 3º ano tem 132,1 COMP. Significa que os 10% são sobre o valor base investido mais os juros do ano anterior. 

Árvore de Merkle

Uma forma de organizar e estruturar enormes quantidades de dados para torna-los mais simples de processar. Isto é uma estrutura de dados baseada em hash.

ASIC

ASIC (Circuito Integrado de Aplicação Específica) é um tipo de hardware de mineração especializado projetado exclusivamente para a mineração de criptomoedas, como o Bitcoin. É um computador diferente dos computadores comuns ou GPUs (Placas de Vídeo), pois é otimizado para executar tarefas de mineração de maneira mais rápida e eficiente, aumentando a velocidade e a eficiência da mineração. Os ASICs são construídos com o único objetivo de minerar criptomoedas.

ATH

“All Time High” – significa o valor máximo histórico que uma criptomoeda atingiu desde o início da sua existência.

ATL

“All Time Low” – significa o menor valor histórico que uma criptomoeda atingiu desde o seu início. (Nem sempre é o valor com que aparece no mercado).

Atomic Swap

Swap Atómico é baseado em contratos inteligentes que permite a troca de diferentes criptomoedas mesmo de diferentes blockchains, sem intermediários. Podemos assim trocar criptomoedas de um endereço para outro (entre carteiras), em segurança e sem fraude, pois não é possível uma parte extorquir a outra, porque a tecnologia utilizada garante que a troca se faça na totalidade ou não se faz. Existe um tempo predefinido para fazer a troca e só é concluída se ambas as partes confirmarem sua validade. A confirmação é feita através do uso de funções hash criptográficas.

Auditoria de Segurança

Uma análise sistemática para avaliar o quão um sistema, contrato inteligente ou blockchain é seguro contra ataques ou falhas técnicas.

Bags

No mundo criptográfico a palavra Bags refere-se às moedas e tokens que se estão a guardar no seu portfólio de cripto. Normalmente o termo é utilizado para nos referirmos a uma quantidade grande de criptomoedas, embora não exista um valor determinado. Quando o valor é bastante significativo usa-se mesmo a expressão “heavy bags”

Banco Central

O Banco Central supervisiona e controla a política monetária de um País, ou no caso da Europa o Banco Central Europeu. É responsável por controlar a oferta monetária de um país (através da emissão de moeda fiduciária, Euros, Dólares) e definir as taxas de juros.

Bandas de Bollinger

É um indicador utilizado por traders em análise técnica. Funciona como ferramenta de medição das oscilações de mercado.

Beacon Chain

Apareceu em dezembro de 2020 é a primeira de uma série de alterações na rede Ethereum que lhe permite vir a suportar transações de forma mais sustentável. É a camada de prova de participação (POS) onde os validadores chegam a consenso, validam e protegem a rede Ethereum em troca de recompensas pagas pelos investidores em forma de taxas.

Bear Market

Em Português, mercado de Urso. Significa que o mercado está pessimista. Consequência, as pessoas estão apreensivas e então vendem as suas criptomoedas, os preços descem. A tendência do mercado é de queda, por norma mais de 20%. Podemos afirmar que um Bear Market é um mercado em baixo por determinado tempo. Sendo que as expectativas são de que vai continuar a cair durante mais algum tempo.

BEP 2 

É uma rede Blockchain (Binance Beacon Chain) que além de permitir criar e lançar projectos na sua Blockchain, é uma rede que também permite fazer transferências de tokens criados nesta rede como ex.: BNB. Curiosidade: os endereços desta rede começam sempre por bnb1Mh6878dhhehiudfd…..

BEP 20 

É uma rede Blockchain (Binance Smart Chain) que  pode desenvolver e lançar projetos na sua Blockchain. É ainda utilizada como rede de envio e para receber tokens, criados na sua rede como ex. BNB. Sendo uma rede inteligente é possível ainda depositar tokens ERC 20 na conta Binance e levantar os mesmos com BEP 2 e no sentido contrário também é válido. Curiosidade os endereços desta rede começam por 0xljo9786dmkKFh57…..

BEP 95

É uma proposta de evolução da Binance que introduz um mecanismo de gravação em tempo real para o BNB Smart Chain (BSC). A rede queimará uma proporção fixa sobre as taxas de gás em cada bloco validado. As queimadas continuarão a ocorrer mesmo após ser atingido o seu objetivo de 100 Milhões de BNBs.

BEP 721

Pertence à rede BNB Smart Chain (BSC), que permite a criação de tokens não fungíveis, mais conhecidos como NFTs. É uma extensão da rede ERC – 721 da Ethereum o padrão de NFTs mais usado até ao momento. O BEP-721 é ainda compatível com a Ethereum Virtual Machine (EVM).

BIP

Bitcoin Improvement Proposal em Português “Proposta de melhoria do Bitcoin”. Bitcoin é uma criptomoeda descentralizada de código aberto, não possui uma estrutura organizacional por trás. Logo é possível fazer propostas para alterar o protocolo (processo) da rede.  O BIP serve para fazer este tipo de proposta, que será debatida pela comunidade Bitcoin e se a maioria estiver de acordo, então será implementado o novo processo.

Temos como exemplo o BIP 141, também chamado de “SegWit”, que propôs um Soft Fork destinado a aumentar a capacidade da rede. As propostas Fork exigem uma maioria de acordo igual ou superior a 95%, entre os mineradores.

Bitcoin Bonds

Bitcoin Bonds são títulos de dívida que são garantidos por uma quantidade específica de bitcoins. Os investidores que compram esses títulos de dívida esperam receber juros sobre o seu investimento e a quantidade original de bitcoins de volta no final do período de vencimento. Uma alternativa de investimento para aqueles que desejam exposição ao preço do bitcoin, mas também querem uma fonte de renda de juros.

Bitcoin Pizza

É o nome dado à primeira compra de bens físicos com a criptomoeda bitcoin. Laszlo Hanyecz fez provavelmente o pior negócio do mundo ao comprar duas pizzas por 10 000 BTC, estávamos em 22 de maio de 2010 e as pizzas custaram cerca de 41 Dólares.

Block

Bloco não é nem mais nem menos do que arquivos de computador que armazenam dados de transações. Estes blocos são organizados numa cadeia linear que acaba por formar aquilo que chamamos de Blockchain.

Blockchain

 É o nome da tecnologia de registro distribuído, criada para substituir o Livro da Razão (ex.: livro de registros de uma empresa). Blockchain, significa que é possível fazer um registro digital, impossível de ser alterado/modificado á posteriori daí ser de tão elevado valor. Nasceu ao mesmo tempo que a criptomoeda Bitcoin, no final de 2008. E ainda registra todas as transações entre pessoas, de ativos digitais sem haver um intermediário.

Block Explorer

É um mecanismo de pesquisa onde as pessoas podem encontrar informações sobre blocos individuais, endereços públicos e transações associadas a uma criptomoeda específica, desde a criação do primeiro bloco. No fundo oferece análises detalhadas sobre determinada blockchain.

Block Header

Cabeçalho do bloco é composto pelo hash do bloco anterior, bem como o tempo e a dificuldade em criar este bloco. Podemos dizer que no cabeçalho encontramos um resumo do bloco.

Block Reward

É o total de tokens concedidos pelo protocolo blockchain, aos mineradores para cada bloco minerado e validado com sucesso.

Bloco Genesis

É o primeiro bloco registado na sua respetiva rede blockchain, também conhecido por Bloco 0 ou Bloco 1.

BRC 20

É um protocolo Ordinals que permite a criação de NFT (tokens não fungíveis) dentro da Blockchain do Bitcoin. Similar ao usado na rede Ethereum com ERC 20, com uma grande diferença que é a ausência de smart contracts na cunhagem do token.

Bitcoin ordinals utilizou a possibilidade de cada satoshi (a parte mais pequena e indivisível do BTC, “cêntimo de Bitcoin”), poder ser identificado exclusivamente como se tivesse um número único e irrepetível.

Aumentando assim as taxas de transação na rede, o que não foi muito bem aceite pela comunidade.

BRC 69

É um novo padrão na rede do Bitcoin, desenvolvido graças ao protocolo Ordinals pela Luminex.io. Com o objetivo de reduzir custos de transação nuns impressionantes 90%. Utilizando o recurso de inscrições recursivas, que vai permitir uma comunicação eficiente com tokens já existentes. As inscrições recursivas, permitem ainda que determinados dados sejam reutilizados, evitando assim novo carregamento dos mesmos dados na blockchain do Bitcoin.

Breakout

Quando o preço de uma criptomoeda, sai de um intervalo ou de um padrão definido. Por norma estaremos a falar de uma criptomoeda que saiu de uma área de suporte ou de resistência.

Bull Market

Em português, Mercado de Touro. Significa isto, que o mercado está otimista. Entenda-se por mercado as pessoas que estão a investir nas criptomoedas. Podemos então chamar de Bull Market, sempre que a economia está bem e os valores na bolsa estão a subir. Estamos perante um cenário de otimismo no mercado.

Camada 2

É uma rede ou estrutura, construída sobre uma blockchain já existente. O seu propósito é dar á rede base uma maior escalabilidade. Ex. Polygon é Layer 2 da Blockchain Ethereum.

Candles

Em português vela. Portanto candles (vela) é o nome que se dá a cada uma das barras num gráfico de velas. Cada vela corresponde a um intervalo de tempo por exemplo, 1 dia, 1 hora, 5 minutos, etc…

Candlestick

É uma representação gráfica em forma de vela, que nos fornece dentro de um respetivo período de tempo (5m, 15m, 1h, 4h, 1d, 1s…), preço de abertura, preço de fecho, preço máximo e preço mínimo de um ativo digital.

Cantillon

Um banqueiro irlandês-francês nascido em 1680, em resumo o mesmo afirmou que a criação de moeda, fazia os mais ricos ainda mais ricos e os pobres ainda mais pobres. Pois os ricos têm acesso á moedas muito antes que os pobres. No mundo cripto chama-se Cantilionário aqueles que ainda defendem o sistema financeiro com moeda fiduciária.

Carteira CEX

É uma carteira de criptomoedas centralizada, (Wallet CEX) que instala no seu Descktop ou telemóvel, mas que não consegue aceder no browser.

Carteira Defi ou Web3

É uma carteira de criptomoedas descentralizada (wallet Dex, DeFi, Web3), será instalada no browser ou uma App, em que pode aceder a exchanges descentralizadas, ao DeFi ou Web3.

CASP

Crypto Asset service Provider em Português “Provedor de Serviços de Ativos Criptográficos”. Casp é o nome dado a uma empresa que: guarda e administra criptoativos em nome de terceiros, serviço de troca, oferece serviços de consultoria sobre investimentos criptográficos. Dividem-se em 3 categorias, da simples consultadoria até uma Exchange.

CDBC

Ou Govcoin significa “Central Bank Digital Currency” ou ainda conhecida também como “Govcoin”, em Português é Moeda Digital do Banco Central. Quer isto dizer que os Bancos Centrais ao emitirem por exemplo Euros ou Dólares digitais essas moedas vão ter o nome ou serão reconhecidas como Govcoin ou CDBC. Podemos afirmar que uma CDBC é uma moeda digital emitida por um Banco Central e que representa determinada moeda (Euro, Dólar, Libra).

Cefi

CEFI significa “Centralized Finance”. É um termo usado para descrever sistemas financeiros tradicionais que são gerenciados por uma entidade central, como bancos, corretoras e exchanges centralizadas. Esses sistemas são controlados por uma ou poucas entidades, que mantêm o poder de decisão e autoridade sobre as transações financeiras. Em comparação com a DeFi (Finanças Descentralizadas), onde as transações são executadas através de contratos inteligentes autoexecutáveis em blockchain, a CEFI é considerada mais centralizada e menos transparente.

CEX ou Exchange CEX

Exchange Centralized, em Português: Troca Centralizada ou Corretora Centralizada. CEX é uma Exchange de troca, venda e compra de criptomoedas centralizada. Binance e Coinbase são dois exemplos de CEX. Sendo uma Exchange centralizada uma CEX, eu preciso de me registar e criar uma conta para poder operar com criptomoedas. Não preciso de uma Wallet, apenas preciso de ter uma conta activa. As minhas compras, vendas ou trocas de criptomoedas são realizadas no site da Exchange e ficam armazenadas no respectivo site. Claro que posso fazer o levantamento dessas criptomoedas ou transferi-las para uma Wallet, se assim o desejar.

CFTC

Commodity Futures Trading Commission ou em Português Comissão de negociação de Futuros de Commodities. Agência Norte-Americana responsável pela regulação dos mercados de derivativos, que inclui opções, swaps e contratos futuros.

Chave Privada

O mais importante a reter aqui, é que esta Chave é só sua, NÃO pode dar a ninguém, sob pena de perder todo o seu dinheiro. Esta é a Chave de acesso à sua carteira. Quem possui a Chave Privada acede totalmente a todas as criptomoedas que existem, guardadas com essa chave. Esta é a Chave do seu “Cofre Virtual”.

Chave Pública

De forma muito simples a Chave pública, é um conjunto de caracteres, letras e números, que são o endereço da sua carteira. Para receber criptomoeda na sua carteira, precisa de dar a sua chave pública (endereço da sua carteira) para a pessoa que vai enviar as criptomoedas para si. Como o próprio nome diz, esta chave é pública, pode fornecê-la a qualquer pessoa.

Circulating Supply

Este termo traduzido para português como Oferta em Circulação, refere-se à quantidade de moedas ou tokens disponíveis no mercado.

Coin

Uma criptomoeda ou dinheiro digital que é independente de qualquer outra plataforma, que é usado como uma troca de valor.

Compound

Em português (Composto), de forma muito simples significa, que é um protocolo de Defi que oferece pools de liquidez. O seu token é o Comp. Os utilizadores depositam os seus tokens numa pool dando liquidez a esse token e recebem juros, conforme a oferta e a procura desses tokens.

Compound Interest

Juros compostos referem-se aos juros acumulados sobre o valor principal, acrescidos dos juros de períodos anteriores. Isto permite que maximize os seus ganhos na soma principal.

Confirmation Time

Horário de confirmação em Português, será o tempo que decorre quando uma transação é enviada á rede e o tempo em que é registado em um bloco confirmado.

Contratos de Futuro

É uma versão padronizada de contratos a termo que são usados como um acordo legal para comprar ou vender um ativo mo futuro a um preço e data acordados entre ambas as partes.

CPI

O Consumer Price Index (CPI) ou em português índice de preços ao consumidor. Um indicador econômico que mede o custo médio dos bens e serviços consumidos pelas famílias em uma região ou país.

O CPI é frequentemente utilizado como uma medida da inflação, pois mede as mudanças nos preços dos bens e serviços ao longo do tempo. Em resumo, o CPI é um índice que acompanha a variação de preços de produtos e serviços consumidos pelas famílias, e é usado como uma medida da inflação em uma economia.

Criptografia

O termo já existe há muito tempo, em termos de criptomoedas é usada para explicar que os nossos dados on-line estão cada vez mais expostos a roubo e uso indevido. Criptografia torna possível aumentar a proteção on-line de vários tipos de informação, incluindo os nossos dados pessoais.

Criptomoedas

São moedas digitais, dinheiro digital. Não podem ser tocadas como o Euro ou o Dólar, porque só existem digitalmente. Podem ser usadas como moeda de compra de bens, entre duas pessoas, sem intermediários . Reserva de valor, empréstimos e para tudo aquilo que se faz hoje com moeda fiduciária. 

Crise de Liquidez

Uma crise de liquidez é uma situação financeira em que um indivíduo, organização ou mercado enfrenta escassez de dinheiro, dificultando o cumprimento de obrigações financeiras imediatas.

Crypto Protocol

Protocolo criptográfico, em português é um conjunto de regras, algoritmos e protocolos que regem a comunicação segura entre computadores em uma rede de criptomoedas ou blockchain. Esses protocolos utilizam técnicas de criptografia para garantir a segurança das transações e a privacidade dos usuários da rede.

Os protocolos criptográficos são usados para estabelecer uma comunicação segura entre os diferentes nós da rede, garantindo que as transações sejam verificadas e validadas de forma confiável. Isso é feito por meio de uma série de etapas, como a autenticação, a criptografia e a verificação da integridade dos dados transmitidos.

Crypto Winter

Inverno cripto em Português, este termo refere-se a um longo período temporal, em que o preço das criptomoedas está a descer ou estagnado, o sentimento sobre cripto é bastante negativo. Alguns projetos acabam mesmo por falir, as empresas despedem funcionários e os investimentos diminuem bastante.

Cryptocurrency

Criptomoeda em português, são moedas digitais, dinheiro digital. Não podem ser tocadas como o Euro ou o Dólar, porque só existem digitalmente. Podem ser usadas como moeda de compra de bens, entre duas pessoas, sem intermediários. Reserva de valor, empréstimos e para tudo aquilo que se faz hoje com moeda fiduciária.

Cryptodrops

É um termo usado para se referir a uma estratégia de distribuição de tokens. Este método envolve a distribuição gratuita ou a um preço reduzido de tokens de uma criptomoeda para uma ampla gama de usuários, incluindo investidores, desenvolvedores, entusiastas da comunidade e outros interessados. O objetivo dos cryptodrops é incentivar a adoção e o uso da criptomoeda. Cryptodrops também podem ser usados para recompensar a participação na comunidade, como a realização de tarefas ou a participação em eventos.

Cryptography

A técnica de usar teorias matemáticas e computação para criptografar e descriptografar informações.

Cross-chain

Promove a troca de informação entre as Blockchains sem ser necessário uma terceira identidade. É uma tecnologia que melhora a conexão entre as Blockchains. Ou seja, promove a fácil troca quer de dados, quer de tokens. É através de uma ponte cross-chain que torna possível enviar por exemplo 1 BTC da blockchain do Bitcoin para a rede Ethereum. Já na rede Ethereum vai ter um token chamado 1 WBTC, enquanto o BTC original ficou bloqueado na rede do Bitcoin. Assim, é possível transferir tokens entre redes sem andar a trocá-los numa exchange e pagando as respetivas taxas.

Crowdfunding

Em Português, Financiamento Colaborativo ou Coletivo, quer isto dizer, que se junta um grupo de pessoas, para financiar um projeto. Ou quando alguém tem um projeto e pede financiamento a várias pessoas.

Cruz Dourada

Um padrão de análise de um gráfico de alta, em que a média móvel a curto prazo, cruza acima de uma média móvel de longo prazo, sendo um bom indicador de subida num futuro próximo.

Cunhar ou Cunhagem

Cinhar é o processo de criar novas unidades de uma determinada criptomoeda. Isso geralmente é feito por meio de um processo conhecido como “mineração”, onde os usuários fornecem recursos computacionais para validar transações na rede e, em troca, recebem uma quantidade da criptomoeda como recompensa. Algumas criptomoedas, como o Ethereum, também permitem a criação de novas unidades por meio de um processo conhecido como “minting”. Neste processo, os usuários depositam ativos em um contrato inteligente e, em troca, recebem uma quantidade da criptomoeda correspondente, também conhecida como “token”. A capacidade de cunhar é limitada pelo protocolo da criptomoeda e pode ser usada como uma forma de controlar a oferta e manter a estabilidade do preço.

Custódia

Em termos financeiros, “custódia” significa que alguém detém ativos em nome de um cliente. Geralmente será algum tipo de instituição, que oferece segurança contra perdas e roubo.

DAC Decentralized Autonomous Cooperative

Decentralized Autonomous Cooperative em Português, Organização Autónoma Cooperativa. Refere-se a uma organização que é controlada por acionistas em vez de uma autoridade central.

DAO

Decentralized Autonomous Organization em Português, Organização Autónoma Descentralizada, organização totalmente controlada por algoritmos computacionais, não estão vinculados a nenhum regulamento ou lei específica. Funciona como um programa de computador transparente, é controlada pelos seus membros através da posse de token, sendo um conjunto de regras codificadas eliminam qualquer burocracia ou barreira hierárquica. Este contrato (smart contract), contrato inteligente, após ser implementado na blockchain torna-se autómano e apenas pode ser alterado após consenso dos detentores de tokens através de votação.

Dapp

Aplicações descentralizadas desenvolvidas através da tecnologia blockchain e que fazem a ponte entre a blockchain e o utilizador. Não dependem de uma entidade, tem código aberto e operam de forma autónoma, qualquer alteração só pode ser realizada após o consenso de todos os participantes. Estes têm de ser detentores de tokens de acesso e são recompensados através destes. As grandes vantagens são a segurança, devido à tecnologia blockchain, um hacker teria de aceder a todas as máquinas da rede para efectuar algum ataque e a transparência, pois todas as acções dentro da rede ficam registadas. O Bitcoin foi a 1ª dapp, mas foi com a Blockchain da Ethereum que as dapps apareceram em força.

Day Trade

Em Português “Transação Dia”. O investidor no mercado das criptomoedas, que pratica Day Trade, o que ele faz na prática? Ele vende e compra criptomoedas várias vezes ao dia. Observa o mercado diariamente, e tenta realizar um pequeno lucro todos os dias. (É uma estratégia arriscada e requer que o investidor tenha um conhecimento profundo do mercado cripto.

DCA

“Dollar-Cost Averaging” em Português “Média de Custo em Dólar”. O DCA é uma estratégia de investimento que envolve a compra regular e consistente de uma determinada criptomoeda, independentemente do seu preço de mercado. Ao aplicar o DCA, os investidores compram uma quantia fixa de criptomoedas em intervalos regulares (por exemplo, mensalmente ou semanalmente), independentemente de o preço estar alto ou baixo.

Dead Cat Bounce

em Português “Salto do Gato Morto”, uma criptomoeda que tem uma breve recuperação no seu valor, mas que já estava em declínio e vai voltar a desvalorizar-se, tendência de baixa.

Deep Web

A Deep Web é uma parte da world wide web (WWW.), que normalmente se chama o submundo da internet, ou que está escondida. Apenas são páginas de internet que não estão indexadas, ou seja, que não são pesquisáveis pelos motores de busca.

Defi

Significa “Finanças Descentralizadas”. Tem a ver com produtos financeiros, como receber juros, empréstimos, pagamentos, adquirir seguros, transacionar ativos ou derivados. No fundo tudo o que faz hoje com o seu banco, com a vantagem de fazer tudo isto mais rápido e sem intermediários. Faz diretamente com outra pessoa (P2P), 24 horas por dia 7 dias por semana.

Delisting

Estamos a falar de um token ou criptomoeda, em que a sua equipa ou projeto pediu para não ser mais listada em determinada Exchange, ou então a Exchange decidiu retirar o referido token ou criptomoeda por já não cumprir os requisitos exigidos por ela.

DePin

É o nome dado a uma Rede de Infraestrutura Física e Descentralizada. Definição de uma blockchain que utiliza tokens como icentivo para os interessados construírem Dapps dentro da sua blockchain.

Descentralização

A descentralização refere-se à distribuição igualitária do poder de processamento entre os nós da rede, sem a necessidade de uma entidade centralizada controlar a rede.

Descriptografia

É o ato de reverter um processo de criptografia, para revelar as informações anteriormente criptografadas e possam ser novamente visualizadas.

DEX ou Exchange DEX

Exchange Descentralized, em Português: Troca Descentralizada ou Corretora Descentralizada. Logo Exchange Descentralizada, estamos perante uma empresa de troca de criptomoedas descentralizada. Uniswap e Pancakeswap são dois exemplos de DEX. Na prática significa que posso trocar, vender e comprar criptomoedas nestas Exchanges. Mas para o fazer, preciso de uma Wallet, uma carteira de criptomoedas. Nestas Exchanges, não é possível criarmos uma conta pessoal. Só é possível ligarmo-nos a uma DEX através da nossa carteira de criptomoedas. Fazendo as trocas, vendas ou compras directamente para a nossa Wallet.

DPos

Significa “Delegated Proof of Stake”. É uma variante de POS “Proof-of-stake”, utilizada em algumas blockchains para validar as transações e manter a segurança da rede. Num sistema DPoS, os usuários votam em “delegados” que são responsáveis por validar as transações e produzir novos blocos. Esses delegados são escolhidos através do processo de votação, e a quantidade de votos que um usuário tem é proporcional a sua quantidade de tokens na rede.

Dump

“Deitar fora” – Quando o preço da criptomoeda desce muito e rapidamente.

Divergence ou Divergência

Quando o preço de uma criptomoeda e um indicador técnico (RSI, Volume MACD) estão a ir em direções opostas.

Diversificar

 

Deve colocar o seu dinheiro em diferentes tipos de ativos, para reduzir os riscos gerais (não coloque os ovos todos na mesma cesta).

DYOR

 

É um conselho muito valioso. Significa que deve fazer a sua própria pesquisa de uma moeda ou token, não deve seguir o que outras pessoas dizem.

EMH (Efficient Market Hypothesis)

Em Português Hipótese de mercado Eficiente, é uma teoria económica que afirma que os mercados financeiros espelham todas as informações disponíveis sobre o preço dos ativos a qualquer momento.

ERC 20 

É uma rede Blockchain (Ethereum Network Chain) que além de ser possível, desenvolver e implementar projetos na sua Blockchain, é uma rede que também permite fazer transferências como enviar e receber tokens entre carteiras. Tokens criados nesta rede como ex.: ETH. Curiosidade os endereços desta rede, começam sempre por 0xLKgofd548h4h47df….

ERC 715

ERC-715 é um padrão de contrato inteligente proposto na plataforma Ethereum que permite aos usuários gerenciar tokens personalizados através de contratos inteligentes. Ele foi projetado para tornar mais fácil e eficiente a implementação de contratos inteligentes para tokens personalizados, especialmente para aplicações que envolvem a gestão de identidades, ativos digitais e outros recursos na blockchain.

Com o ERC-715, os desenvolvedores podem criar contratos inteligentes que gerenciem tokens personalizados com as características desejadas, como quantidade limitada, transferência restrita e outras especificações. Além disso, o padrão permite que os contratos inteligentes sejam facilmente atualizados e adaptados de acordo com as necessidades da aplicação, o que torna o processo de desenvolvimento de contratos inteligentes mais flexível e escalável.

Em resumo, o ERC-715 é uma proposta para tornar mais fácil e eficiente a criação e gestão de tokens personalizados na plataforma Ethereum, e é uma forma de aumentar a funcionalidade e a flexibilidade da blockchain Ethereum para aplicações mais avançadas.

 

ERC 721

ERC-721 é um padrão de contrato inteligente para tokens não-fungíveis na plataforma Ethereum. Enquanto a maioria dos tokens criptográficos, como o Ether (ETH) e o ERC-20, são fungíveis, ou seja, são intercambiáveis uns com os outros, os tokens ERC-721 são únicos e não podem ser substituídos por outros tokens.

Os tokens ERC-721 são usados para representar itens virtuais raros ou exclusivos, como jogos, obras de arte digitais, bens imóveis ou colecionáveis. Cada token ERC-721 representa uma unidade única e distinta, com suas próprias características e propriedades. Isso significa que eles têm valor intrínseco e podem ser vendidos ou negociados como bens digitais raros e exclusivos.

ERC 1155

É um padrão de contrato inteligente dentro da Ethereum, com capacidade de mudar o Layout das Dapps dentro da blockchain, devido á sua capacidade multitoken, e várias funções criadas para fornecer ao utilizador uma melhor experiência.

Escalabilidade

A escalabilidade refere-se à capacidade da rede de processar um grande número de transações de forma rápida e eficiente.

 

ETF

Um ETF significa: (Exchange-Traded Fund). È um instrumento financeiro que combina características de ações e fundos de investimento. ETF representa um fundo que é negociado na bolsa de valores, da mesma forma que as ações individuais. Os ETFs são projetados para rastrear o desempenho de um índice, mercadoria, títulos, ou um grupo diversificado de ativos. Os ETFs oferecem diversificação, liquidez e facilidade de negociação, tornando-os populares entre investidores. Eles permitem que os investidores comprem participações em uma ampla gama de ativos, sem a necessidade de adquirir cada ativo individualmente.

 

EVM

Máquina Virtual da Ethereum

EVM significa “Virtual Machine Ethereum”, é a plataforma de computação virtual que permite a execução de contratos inteligentes na blockchain Ethereum. É uma implementação da Turing completa e permite que desenvolvedores criem aplicativos descentralizados (dApps) e smart contracts que possam ser executados de forma segura e confiável na rede Ethereum.

Exchange

Binance e a Coinbase são dois exemplos de exchange. Plataformas de câmbio digital, que por norma são plataformas eletrónicas. Podemos encontrá-las, quer em sites como em Apps. Estas plataformas permitem-lhe a si como utilizador poder comprar, vender ou converter criptomoedas. Tendo também outros serviços mais complexos. No geral podemos dizer que para comprar, vender e negociar criptomoedas, temos de nos registar numa exchange.

FakeOut

Uma situação em que o investidor entra em uma posição apostando num determinado movimento de preço, que reverte rapidamente ou nunca chaga a acontecer.

Fan Token

Criptomoedas criadas por equipas, clubes ou marcas desportivas para aumentar o envolvimento com os seus fãs e criar novos fluxos de receita.

Fazenda de Mineração

Conjunto de muitos mineradores (máquinas), geralmente em um armazém ou um grande data center dedicado à mineração de criptomoedas.

Fees

São taxas ou comissões de transação de rede, são pagas aos Mineradores para que eles verifiquem e validem as suas transações na Blockchain. É diferente das taxas ou comissões que as Exchanges cobram quer para depósitos, levantamentos ou para comprar, vender e converter criptomoedas.

Fiat ou Moeda Fiduciária 

Exemplos: Euro, Dólar, Real, são moedas fiduciárias. Qualquer título não – conversível. Significa que não é lastreado a nenhum metal como o ouro ou a prata. Moeda Fiat não tem nenhum valor intrínseco. O seu valor advém da confiança que as pessoas têm em quem emitiu o título (Ex: Governo ou Bancos).

First-Mover Advantage (FMA)

Grande vantagem competitiva do primeiro projeto a ser lançado e a trazer um serviço ou produto para um mercado ou setor novo e inexplorado.

Exemplos: Euro, Dólar, Real, são moedas fiduciárias. Qualquer título não – conversível. Significa que não é lastreado a nenhum metal como o ouro ou a prata. Moeda Fiat não tem nenhum valor intrínseco. O seu valor advém da confiança que as pessoas têm em quem emitiu o título (Ex: Governo ou Bancos).

FOK (Fill Or Kill Order)

Em português é uma ordem de compra ou venda que deve ser executada imediatamente no seu todo, caso contrário será cancelada.

Flashbots

Explore Flashbots, uma organização de pesquisa e desenvolvimento focada em aprimorar soluções de blockchain relacionadas a MEV no Ethereum.

Fomo 

São efeitos psicológicos, é um termo usado no sector financeiro. Que se pode aplicar perfeitamente ao mundo das criptomoedas. Significa (Fear of Missing Out), ou seja Medo de Não Acompanhar a Multidão, que está a comprar. Medo de ficar de fora. É uma emoção que leva à compra e não à lógica. Compre pela lógica e nunca pela emoção (fomo).

Forex ( Fx )

Forex significa mercado de câmbio. É um mercado global para o comércio de moedas fiduciárias.

FREN

É uma gíria online que se usa quando nos dirigimos a alguém de forma amigável. Desenvolvida nas comunidades digitais e amplamente utilizada na comunidade criptográfica.

Fud 

Outro efeito psicológico, outro termo usado no sector financeiro. Significa (Fear Uncertainty and Doubt), ou seja medo, receio, está a perder e fica com medo de perder mais ainda. É uma emoção que leva à venda e não à lógica. Venda por lógica e nunca por emoção (Fud).

Full Node

Um computador que aplica na totalidade todas as regras de uma rede blockchain, e valida completamente transações e blocos em um blockchain.

Fungibilidade

É a propriedade de um ativo em que as unidades individuais são indistinguíveis umas das outras em termos de valor e funcionalidade.

 

Futures Contract ou Contrato Futuro

É um contrato padronizado e a termo usados como um contrato legal, para comprar ou vender uma criptomoeda no futuro a um preço e data pré-estabelecidos.

Gas

O “gas” é uma unidade de medida usada para cobrar pelo uso da rede blockchain. Na prática, é a forma de pagamento exigida para validar transações e executar contratos inteligentes na rede Ethereum. O gas é necessário para incentivar os mineradores a incluir as transações em um bloco e validá-las, o que é um processo computacionalmente intensivo.

O preço do gas é determinado pela oferta e demanda da rede, e pode variar dependendo da congestão da rede. Quanto mais alta a demanda, maior será o preço do gas. Se deseja executar uma transação ou contrato inteligente na rede Ethereum, precisará pagar um valor adequado de gas para garantir que sua transação seja processada e confirmada pela rede.

Gas Limit

O preço máximo que a pessoa está disposta a pagar como taxa ao enviar uma transação de criptomoeda ou executar uma função de um contrato inteligente (smart contract).

Genesis Block

É o primeiro bloco registado na sua respetiva rede blockchain, também conhecido por Bloco 0 ou Bloco 1.

Gitcoin Passport

É um site onde pode criar o seu passaporte Gitcoin, que serve como prova de humanidade. Para que serve isto? Ao candidatar-se a um airdrop pode ser preciso provar que só vai interagir nesse airdrop com uma única carteira cripto, o passaporte Gitcoin, prova a sua humanidade por de trás da sua carteira. Impedindo assim que utiliza mais que uma carteira cripto no mesmo airdrop.

GitHub

Um site onde uma pessoa ou um conjunto de pessoas pode compartilhar, colaborar e salvar um código-fonte aberto ou código proprietário.

Gwei

Uma pequena quantidade de Ether. É muito utilizada como medida dos preços do Gas. Exemplo: 1 000 000 000 wei = 1 Giga wei ou seja, (Gwei).

Govcoin

Ou CDBC significa “Central Bank Digital Currency” ou ainda conhecida também como “Govcoin”, em Português é Moeda Digital do Banco Central. Quer isto dizer que os Bancos Centrais ao emitirem por exemplo Euros ou Dólares digitais essas moedas vão ter o nome ou serão reconhecidas como Govcoin ou CDBC. Podemos afirmar que uma CDBC é uma moeda digital emitida por um Banco Central e que representa determinada moeda (Euro, Dólar, Libra).

Hackathon

Um hackathon blockchain, é uma competição onde os participantes criam aplicativos (Dapp) de amostra em um ecossistema (blockchain).

Hacker ou Hackear

Burlar a segurança de um sistema computacional, buscando acessar ilegalmente, sem a permissão do dono, um computador ou sistema computacional e informático: hackear as contas de uma empresa buscando os dados pessoais dos funcionários.

Halving

É o processo que foi escolhido pelo criador do Bitcoin. Significa que a cada 210 Mil Blocos, (cerca de 4 anos), os mineradores passam a receber metade dos BTC que recebiam anteriormente. No início os mineradores recebiam 50 BTC a cada 10 minutos. Três Halvings depois, (12 anos passados), recebem 6,25 BTC a cada 10 minutos. Irá terminar quando atingirem 21 Milhões de BTC, por volta do ano 2140.

Hard Cap

 

É a quantidade máxima de fundos (Dólares) que os fundadores de um projeto pretendem arrecadar durante a sua Oferta Inicial de Moedas (ICO) ou num evento alternativo com objetivo de arrecadar fundos.

Hard Fork 

 Traduzindo para Português das criptomoedas, posso dizer que Hard Fork significa “Bifurcação Dura ou Bifurcação Pesada”. Ao longo do tempo, as criptomoedas sofreram várias atualizações quer a nível de segurança, quer na facilidade da sua transferência. Dois tipos de hard Fork. 1º Quando há consenso, mas mesmo assim é preciso atualizar os softwares para continuar a usar a Rede (caso da Polygom em Janeiro de 2023). 2º Quando há um choque de ideias sobre essas alterações, por norma formam-se duas opiniões diferentes. Logo teremos dois caminhos, isto provocará uma divisão, uma bifurcação no caminho a seguir. Quando estamos perante um Hard Fork, acontece a  transformação de uma criptomoeda em duas criptomoedas. Sim, já aconteceu com o Bitcoin, que formou uma nova moeda o Bitcoin Cash, ou com o Ethereum que formou a moeda Ethereum Classic.

Hash

“Impressão digital” é um código criptografado e gerado com números e letras, usado em Blockchain. Identifica o bloco anterior no bloco que está a ser registado. Poderá consultar neste link como ver o Hash em funcionamento bem como uma blockchain.

Hash Rate

É uma medida de processamento da Rede. Quanto maior o Hash Rate maior a dificuldade para minerar um bloco. Por norma o valor sobe conforme o Hash Rate se torna mais difícil.

HFT (High Frequency Trading)

Este termo é usado quando nos referimos a um tipo de negociação algorítmica, que se traduz na execução de um grande número de ordens (compra ou venda) em frações de segundo.

Hodl ou Hodler

De forma muito simples podemos dizer, que quem está no mercado cripto como HODL, é um investidor que compra criptomoedas e que não pensa em vender no curto espaço de tempo. Por norma segura esse investimento por mais de um ano. É um investidor a longo prazo.

Honeypot

Uma proteção, ou um sistema de segurança usado na segurança de computadores, para detetar e neutralizar o acesso não autorizado a sistemas de informação.

HTLC (Hashed TimeLock Contract)

Este termo refere-se a um recurso especial usado para criar contratos inteligentes (smart contracts), capazes de modificar ou alterar canais de pagamento.

ICO 

Initial Coin Offering, em Português Oferta Inicial de Moeda. Quer isto dizer que estamos perante uma oferta inicial de uma nova criptomoeda ou token. Por norma estamos perante uma startup, uma empresa recém criada que vai lançar o seu token. Com o objetivo de angariar fundos antes do lançamento oficial, ou seja, é um pré-lançamento de um token antes de estar disponível ao público em geral.

Iceberg Ordem

Uma ordem para comprar ou vender uma grande quantidade de ativos em quantidades menores previamente estabelecidas, com o fim de ocultar a quantidade total da ordem.

IDO

“Initial DEX Offering” em Português “Oferta Inicial Descentralizada”. As IDO são um método para arrecadar fundos que serão usados em projetos de criptomoedas. Por norma construída em Blockchains compatíveis com contratos inteligentes, como a Ethereum. Os tokens são lançados numa exchange descentralizada (DEX), ao contrário das ICO que são lançadas em exchanges centralizadas (CEX). Logo são negociadas entre compradores e vendedores, sem a necessidade de um intermediário centralizado.

IEO

“Initial Exchange Offering” em Português “Oferta Inicial de Exchange”. Outro método de arrecadação de fundos usado por projetos de criptomoedas. Este ocorre numa exchange centralizada (CEX). A exchange atua como a intermediária entre os investidores e o projeto. As IEO oferecem mais segurança que as IDO, pois a exchange revisa os projetos por ela lançados.

Imutabilidade

É a incapacidade de mudar ou ser mudado. É um dos principais recursos por trás da tecnologia Bitcoin e blockchain, é isto que lhe dá tanto valor.

Índice

Instrumento financeiro usado para rastrear o valor do preço de um determinado ativo ou conjunto de ativos.

Índice Descentralizado

Um índice descentralizado é um ativo financeiro de investimento que acompanha o desempenho de várias criptomoedas ou ativos digitais negociados em bolsa.

Inter-chain

Outro nome usado para referir Cross-chain.

Interface do Utilizador

UI – User Interface, em inglês é o meio pelo qual os usuários interagem com um produto ou sistema, seja ele um software, um aplicativo, um site, um dispositivo eletrónico ou qualquer outro tipo de tecnologia. 

A UI inclui todos os elementos visuais, de áudio e de interação que compõem a experiência do usuário, desde a aparência e o layout até os ícones, menus, botões, janelas e outros componentes interativos.

Interoperabilidade

Um conceito que permite que Blockchains sejam compatíveis entre si e se baseiem nos recursos e casos de uso uns dos outros.

 

Inverno Cripto

Este termo refere-se a um longo período temporal, em que o preço das criptomoedas está a descer ou estagnado, o sentimento sobre cripto é bastante negativo. Alguns projetos acabam mesmo por falir, as empresas despedem funcionários e os investimentos diminuem bastante.

IPO

(Initial Public Offering) em Português: Oferta Pública Inicial, refere-se ao momento em que uma empresa privada começa a oferecer suas ações ao público pela primeira vez.

Juros Compostos

Juros compostos referem-se aos juros acumulados sobre o valor principal, acrescidos dos juros de períodos anteriores. Isto permite que maximize os seus ganhos na soma principal.

KYC 

Do Inglês (Know your Customer), ou seja “Conheça o seu Cliente”. É uma verificação que os provedores de serviços financeiros exigem. É um processo para combater a lavagem de dinheiro. Garante a legalidade do cliente e tenta combater assim os crimes financeiros. A verificação KYC é prática comum em várias corretoras.

Latência

Nome técnico dado ao tempo que demora o envio de uma transação, entre a blockchain e a primeira confirmação aceite por essa rede.

Law of Demand

Ou em português Lei de Demanda, nada mais é do que a lei da procura, significa a vontade dos consumidores de comprar uma quantidade específica de bens ou serviços por um determinado preço.

Layer 2

É uma rede ou estrutura, construída sobre uma blockchain já existente. O seu propósito é dar á rede base uma maior escalabilidade. Ex. Polygon é Layer 2 da Blockchain Ethereum.

Ledger

“Razão” Um livro físico ou um arquivo digital de computador onde as transações monetárias e financeiras são rastreadas e registadas. Também encontra uma carteira de criptomoedas bastante conhecida com este nome “Ledger”.

Lending

Em Português “Empréstimo”. No fundo é isso mesmo, é um empréstimo entre duas pessoas. Ou seja entre a pessoa que empresta e a que pede emprestado. Logo não existe aqui terceira pessoa ou entidade. As duas pessoas estipulam a taxa fixa a pagar pelo empréstimo. Isto se for feito numa plataforma descentralizada (ex. AAVE). Numa centralizada, já vai haver uma terceira pessoa ou instituição. Que é a plataforma onde acordam fazer o empréstimo (ex. BlockFi).

Library

Uma coleção de recursos estáveis, que pode incluir arquivos executáveis, documentação, modelos de mensagens e código escrito.

Lightning Network

É uma camada adicional na blockchain do Bitcoin que permite realizar transações com rapidez e escalabilidade. Ela permite que as transações sejam realizadas fora da blockchain principal, com baixas taxas e confirmações instantâneas.

Linux

Um popular sistema operacional de código aberto, criado em 1991 por Linus Torvalds. É usado em uma ampla variedade de dispositivos em todo o mundo.

Links ou Hiperlinks

Normalmente é um texto, ou parte, sublinhado ou colorido (por norma a azul). O utilizador, ao clicar nele, será redirecionado para outra página na Internet. Links estabelecem assim ligações entre páginas de internet ou ligações entre documentos.

Liquidez ou Liquidity

A capacidade de vender ou comprar qualquer ativo sem causar flutuações significativas no preço de mercado desse ativo.  

.

Liquidação Forçada

Quando a posição alavancada de um investidor é fechada à força por não cumprir os requisitos de margem necessários.

.

Liquidity Pool

Por vezes traduzido para Pool de Liquidez, piscina de liquidez. Na prática serve para o utilizador/investidor colocar os seus tokens bloqueados, em troca de uma recompensa, através de um smart contrat, elaborado dentro das finanças descentralizadas (Defi). Os tokens bloqueados vão garantir que o mercado de transações terá uma oferta suficiente. Assim sendo as negociações desse token podem ocorrer sem haver falta desse token ou dito de outra forma, sem problemas de liquidez. As Pools de Liquidez garantem o bom funcionamento de uma Dex (Exchange descentralizada). Quanto mais Pools de Liquidez tiver uma Dex, mais fácil será negociar os tokens listados nessa Dex.

Liquidity Provider

No mundo das criptomoedas, os provedores de liquidez são geralmente instituições financeiras, corretoras ou fundos de criptomoedas que mantêm grandes quantidades de ativos em suas carteiras e oferecem preços competitivos para compra e venda de criptomoedas. Eles ajudam a aliviar a volatilidade do mercado, tornando-o mais estável e previsível para os investidores. Além disso, eles também ajudam a garantir que as transações sejam realizadas rapidamente e sem problemas, o que é importante para manter a confiança dos investidores no mercado.

Em resumo, os provedores de liquidez desempenham um papel crucial na estabilidade e eficiência dos mercados financeiros, incluindo o mercado de criptomoedas.

Listagem

A adição de um ativo a uma bolsa, seja como uma solicitação da equipe do projeto ou como uma decisão tomada pela bolsa.

Livro Razão

De forma simplista, é normalmente um termo que se aplica ás empresas, é um livro com a finalidade de apresentar diariamente a movimentação de “dados da empresa”, sejam eles monetários bem como a entrada e saída de mercadorias.

LOI

Letter of Intent (Carta de Intenção) é um documento utilizado em negociações comerciais para estabelecer os termos preliminares de um acordo entre duas partes. 

A LOI é uma declaração escrita que descreve as principais condições da transação proposta, incluindo preço, prazos e outras cláusulas relevantes. 

Embora a LOI não seja legalmente vinculativa, ela pode ajudar a estabelecer as bases para um acordo mais formal, como um contrato de compra e venda. 

 

Mainnet (Rede Principal)

Um protocolo blockchain totalmente desenvolvido e implantado onde as transações são transmitidas, verificadas e registadas.

Mainnet Swap (Troca de Rede Principal)

Quando uma moeda migra de uma plataforma de terceiros, como Ethereum ou outro token, para um token nativo da rede em sua rede principal. Temos como exemplo o BNB que foi criado na rede Ethereum e depois migrou para a sua própria rede a Smart Chain ou Bep 20, onde é agora o token nativo desta rede.

Maker (Criador)

Criador em Português, quando faz um pedido e ele não é negociado imediatamente, (ex: coloca uma ordem de venda por um valor acima do que está a ser negociada), então o seu pedido permanece no livro de pedidos e espera que outra pessoa o preencha mais tarde, ou seja “que outra pessoa compre a sua ordem de venda pelo preço que estabeleceu anteriormente.

Malware

Em Português “programa malicioso”, qualquer programa de software ou código criado para se infiltrar e causar danos intencionalmente a sistemas e redes.

Máquina Virtual da Ethereum

EVM significa “Virtual Machine Ethereum”, é a plataforma de computação virtual que permite a execução de contratos inteligentes na blockchain Ethereum. É uma implementação da Turing completa e permite que desenvolvedores criem aplicativos descentralizados (dApps) e smart contracts que possam ser executados de forma segura e confiável na rede Ethereum.

Marging Trading

Em Português “Negociação de margem”, é uma negociação com fundos emprestados ou seja negoceia com criptomoedas emprestadas. Atenção: esta é uma estratégia de alto risco e só deve ser feita por investidores experientes.

Market Cap

Em Português “ capitalização de mercado”. Serve para medir o tamanho relativo de um criptoativo. Serve, portanto, para termos uma noção de quanto vale uma criptomoeda comparada com as outras. No site coinmarketcap.com poderá aceder a uma listagem das criptomoedas classificadas pelo seu Market Cap. É calculado, multiplicando o preço da moeda, pela quantidade de moedas em circulação. Assim teremos uma noção clara de quais as criptomoedas com mais valor de mercado. Em maio de 2022, temos o BTC em 1º Lugar, ETH em 2º, Tether em 3º e BNB em 4º, podemos assim dizer que estas são as maiores criptomoedas pelo valor de mercado.

Market Momentum

Em Português Momento do Mercado. É a capacidade de um determinado mercado de manter um aumento ou manter a diminuição contínua no preço de um ativo, dentro de um determinado período de tempo.

Market Order

Ou “Ordem de Mercado”, quer isto dizer que quando um comprador escolhe a melhor oferta ou o melhor pedido disponível de uma criptomoeda, paga o preço e recebe a quantidade disponível na carteira de pedidos. Em resumo simples, defina a que preço quer comprar uma criptomoeda, e que valor quer gastar, quando essa criptomoeda chegar a esse preço irá fazer a sua compra também serve para fazer de igual forma na venda.

Masternode

Ou em Português “Nó Mestre”, uma rede muitas das vezes exige uma quantidade mínima de uma determinada moeda para ter acesso ás recompensas.

Maximum Supply

Fornecimento máximo, refere-se ao número máximo que irá ser emitido de um determinado token ou criptomoeda. Significa que ao atingir esse referido máximo de tokens ou criptomoedas, não haverá mais produção desse tipo de moedas.

Mecanismo de Queima

Por norma é um processo automático em que uma criptomoeda vai periodicamente queimar alguns dos seus tokens. Isto pressupõe que menos tokens no mercado mais valorização do preço monetário desses mesmos tokens.

Meme Coin

Meme coin é um termo usado para descrever criptomoedas ou tokens digitais que são criados como uma brincadeira ou como uma forma de sátira sobre o mercado de criptomoedas. Estas moedas geralmente não têm um propósito real ou valor intrínseco e são negociadas apenas por sua diversão ou valor sentimental. Algumas meme coins podem tornar-se populares e ter um valor significativo, mas muitas vezes são consideradas altamente voláteis e especulativas.

Mempool

É um mecanismo de um Nó que serve para verificar transações não confirmadas que o Nó viu, mas ainda não foram adicionadas a um bloco.

Mempool de Bitcoin

É uma memória intermediária temporária onde as transações dos utilizadores são armazenadas momentaneamente.

Merge ou The Merge 

De forma muito simples, é a maior atualização da rede Ethereum. Basicamente tem como objetivo, acabar com POW (proof of work ver mais neste dicionário) e passar na sua totalidade a POS (proof of stake, ver mais neste dicionário).

Merged Mining

Em Português “Mineração Fundida”, é o ato de minerar duas ou mais criptomoedas ao mesmo tempo, sem diminuir ou alterar o desempenho geral da mineração.

Merkle Tree

Uma forma de organizar e estruturar enormes quantidades de dados para torna-los mais simples de processar. Isto é uma estrutura de dados baseada em hash.

Metadata

Ou Metadados, são dados que contêm informações sobre outros dados, como informações sobre caraterísticas de uma transação específica.

Metamask

É uma carteira de Criptomoedas, que foi criada em 2016 por Aaron Davis e Dan Finlay. O seu objetivo era além de guardar os tokens da rede Ethereum (erc-20), ainda permitir aos seus utilizadores ligarem-se aos seus Dapps favoritos. Isto foi possível porque a Metamask instala-se no seu navegador, como uma extensão. Nos dias de hoje já permite guardar Cripto Moedas e NFTs das redes, Ethereum, Optimism, BNB Smart Chain, Polygon, Fantom, Arbitrum e Avalanche.

Metaverso

É um mundo virtual, que tem como objetivo criar uma realidade alternativa, baseada em realidade virtual e realidade aumentada. Ao entrar por norma cria um avatar, pode interagir com outros avatares, jogar, comprar itens virtuais, assistir a concertos e muitas outras possibilidades. As empresas podem vender os seus produtos, fazer publicidade, interagir com os avatares e um mundo novo de possibilidades. No fundo além de ver esse mundo virtual, está também dentro dele o que torna numa experiência imersiva.

MICA

Markets in Crypto Assets ou em Português Mercados de Criptoativos, esta sigla refere-se ao acordo sobre a regulamentação da UE para o Mercado de Criptoativos.

Mineração

É a verificação de transações em uma rede blockchain, na qual essas transações são registadas como entradas no livro razão blockchain. Vários tipos de mineração, Asic no Bitcoin, Placas gráficas no Ethereum anteriormente em que era POW, hoje é POS, ou seja, a mineração é feita bloqueando o token ETH na rede da Ethereum.

Mineração Fundida

É o ato de minerar duas ou mais criptomoedas ao mesmo tempo, sem diminuir ou alterar o desempenho geral da mineração.

Mineradores

São pessoas que têm computadores (chamados de ASIC), tendo como função proteger a rede e ao mesmo tempo verificar e validar todas as transações de criptomoedas nessa rede Blockchain. Através de um cálculo computacional complexo, que permite encadear “blocos de informação”, adicionados à rede Blockchain. Quando um minerador completa um “bloco” ele é recompensado com uma moeda dessa rede Blockchain com que está a trabalhar.

Mining Farm

Conjunto de muitos mineradores (máquinas), geralmente em um armazém ou um grande data center dedicado à mineração de criptomoedas.

Mintar

Mintar é o processo de criar novas unidades de uma determinada criptomoeda. Isso geralmente é feito por meio de um processo conhecido como “mineração”, onde os usuários fornecem recursos computacionais para validar transações na rede e, em troca, recebem uma quantidade da criptomoeda como recompensa. Algumas criptomoedas, como o Ethereum, também permitem a criação de novas unidades por meio de um processo conhecido como “minting”. Neste processo, os usuários depositam ativos em um contrato inteligente e, em troca, recebem uma quantidade da criptomoeda correspondente, também conhecida como “token”. A capacidade de mintar é limitada pelo protocolo da criptomoeda e pode ser usada como uma forma de controlar a oferta e manter a estabilidade do preço.

Moat

Em Português significa “Fosso”, no mundo das criptomoedas, significa que nos referimos a um projeto que tem uma vantagem competitiva em relação aos outros projetos. Podemos dizer que determinada criptomoeda no seu projeto tem uma vantagem que funciona como uma barreira protetora para o seu negócio, logo é uma boa aposta.

Moeda Digital

É um token ou seja uma criptomoeda. Moeda digital ou token, significa a representação digital de um ativo (por norma tem um nome, ex.: Bitcoin, representado por 3 a 4 letras, ex.: BTC e um símbolo). No fundo podemos dizer que todas as criptomoedas são tokens, ou moedas digitais mas nem todos os tokens são moedas digitais.

Money Muling

Mula de dinheiro em tradução livre, é prática que envolve indivíduos que transferem dinheiro ou criptomoedas adquiridas por meios ilegais, como o roubo ou o phishing, para contas bancárias ou carteiras de criptomoedas de terceiros.

São frequentemente recrutados por meio de esquemas de phishing ou ofertas enganosas de trabalho em que são solicitados a abrir contas bancárias ou carteiras de criptomoedas em seu nome para receber pagamentos ou transferências.

Moon

É uma expressão usada no mundo das criptomoedas para descrever uma criptomoeda ou outro ativo que está a passar por uma forte tendência de alta no mercado (forte subida do seu preço).

 

Multiassinatura

Expressão usada quando nos referimos a uma carteira que exige que outra parte autorize uma transação antes que esta seja transmitida para a rede.

Multichain

É uma infraestrutura Cross Chain para a interoperabilidade entre diferentes Blockchains. Nasceu como Anyswap em julho de 2020, com o objetivo de permitir as várias Blockchains de comunicarem entre si. Era necessária uma maneira rápida, segura, barata para trocar valor e dados entre os vários ecossistemas. As soluções desenvolvidas pela Multichain vieram permitir que quase todas as Blockchains interoperem entre si. O token MULTI veio assim substitur o token ANY de Anyswap, o valor é de 1 ANY é igual a 1 MULTI. Multichain é também uma criptomoeda com a sigla MULTI.

MVRV

Um indicador da criptomoeda Bitcoin. A sua função é analisar o preço de todas as moedas que já foram mineradas e o preço em que a moeda está a ser negociada, a um preço alto ou Baixo. Mostrando assim uma tendência no futuro preço do BTC.

NFT

Non Fungible Token, em Português: símbolo não fungível  ou representação digital não fungível. Ou seja, podemos dizer que um NFT é algo específico e individual que não pode ser substituído ou que é único. Por exemplo, uma nota de 5 Euros na carteira muitas pessoas podem ter, mas a nota de 5 Euros com o número de série “*********”, só uma é que pode ter. Um NFT é igual, sendo que não é físico, é um registo digital, um conjunto de códigos numéricos com um registo único. Os NFT(s) mais falados são caricaturas digitais, mas podem ser de qualquer tipo, som, vídeo, imagens. Tal como a arte, qualquer pessoa pode criar um NFT.

NFT Floor Price

Significa o valor mais baixo pelo qual pode comprar um NFT dentro de uma coleção.

NFT Myster Boxes

Caixas misteriosas NFT, são um tipo de colecionável digital que contém uma variedade aleatória de NFTs que o comprador não conhece até que o mesmo abra a caixa.

NGMI

Outra das expressões usadas para transmitir uma sensação de pessimismo em alcançar o sucesso ou superar um desafio. “Not Gonna Make It”.

NODE

Quando alguém está ligado a uma rede blockchain que se comunica com outros participantes na mesma rede para garantir a segurança e integridade do sistema.

NONCE

É um número aleatório de uso único. Ou seja, é um número aleatório que só pode ser utilizado uma vez na prova criptográfica. É utilizado pelos mineradores, faz parte da prova de trabalho (PoW), com que os mineradores criam um novo bloco e o mesmo é autenticado pela rede. A geração destes números de forma aleatória, garante a segurança da função criptográfica.

Nós Validadores

Um nó validador é uma parte importante de uma rede blockchain que é responsável por validar transações e adicioná-las ao registro compartilhado (blockchain). Eles usam regras predefinidas (consenso) para determinar a validade de uma transação e agem como guardiões da integridade do blockchain.

Off-chain

Significa fora da blockchain. Ou seja, são todas as transações efetuadas fora da blockchain. Não impede que posteriormente não possam serem enviadas á blockchain.

Offshore-Acount

Uma conta registada numa jurisdição diferente da jurisdição da nacionalidade do titular.

OMNI

É uma rede Blockchain (OMNI – Layer), que criou um aplicativo People Driven. Segundo os seus desenvolvedores, nunca antes visto. Onde reúne tudo numa só Aplicação de rede social. Loja online e onde pode enviar e receber pagamentos. Esta rede permite-nos enviar e receber o seu token o OMN. Curiosidade: os endereços de OMNI, começam sempre por 1Jmbfiind86vdh37sah….

On Chain

“Na rede” referimo-nos a transações ou outras atividades registadas diretamente na blockchain, garante segurança, legalidade e imutabilidades dos dados.

Oráculo

O oráculo é a ferramenta que verifica, valida e envia informação do mundo real para a blockchain. Essa informação irá em código de maneira a ser utilizada tanto pela blockchain como pelos smart contracts, pois estes só têm acesso á informação disponível na blockchain.

Ordinals

É uma plataforma blockchain que fornece um mercado descentralizado para ativos digitais. O protocolo Ordinals atribui um número de série a cada satoshi (a parte mais pequena do BTC), e rastreia-o a cada transação. Esse número torna único cada satoshi, o que faz com que se torne num ativo único. Este mecanismo fornece a base para o desenvolvimento de NFTs, na rede do Bitcoin.

ORC 20

Tokens ORC 20 são executados na blockchain do Bitcoin. São representados como arquivos JSON (Java Script Object Notation) inscritos em Satoshis com um número de série ordinal, em paralelo ao que se passa nos tokens BRC 20.

Order Book

Um livro de ordens, ou seja, uma lista eletrónica de ordens de compra e venda, de um ativo específico que estão pendentes, numa exchange num mercado.

Ordinals

Ordinals é algo semelhante a um NFT que pode ser cunhado diretamente na blockchain do Bitcoin.

Orphan Block

Um bloco cujo o bloco pai “anterior” é desconhecido, formado em versões mais antigas do Bitcoin Core, onde os dados de ancestralidade não eram necessários. 

OSS Open Source Software

Vulgarmente em Português reconhecido como programa de código aberto. É um software construído sobe uma licença que dá acesso a qualquer pessoa a possibilidade de a usar e/ou atualizá-la e partilhar a mesma gratuitamente.

Pancake Swap

É uma exchange descentralizada (DEX). Está disponível em várias Redes Blockchain com vários produtos e serviços Defi.

 

Paper Wallet

Termo utilizado, para um pedaço de papel no qual um endereço de criptomoeda e a sua chave privada correspondente são inscritos fisicamente.

Parachain

Tecnologia desenvolvida pela Polkadot, através das parachains, a rede Polkadot consegue conectar todos as Blockchains do mesmo ecossistema. Dando-lhes a facilidade de serem interoperáveis. Criadas em final de 2021, são a grande inovação do ecossistema cripto. Foram criadas na rede Polkadot o que lhes permite, compartilhar informação, mais escalabilidade, mais rapidez e mais baratas. Potencializaram assim o desenvolvimento de aplicações de Defi, NFTs e Jogos. Cada Parachain, tem a sua tecnologia única, com autonomia e regras de governança específicas, podendo ter o seu próprio token.

Passive Management

Em português “Gestão Passiva”, uma estratégia de investimento que não depende da exposição ativa ao mercado, mas sim acompanha um índice económico existente.

PBS

Proposer-Builder-Separation, uma separação entre o proponente e o construtor. É um conceito Ethereum que visa melhorar a escalabilidade, dividindo as responsabilidades da construção de blocos em proponentes e construtores de blocos.

Pegged Currency

Referimo-nos a uma Moeda indexada, em que o preço foi concebido para permanecer igual ao de um ativo designado. Por exemplo: 1 USDT ou 1 USDC estão indexados ao Dólar, logo valem 1 Dólar. Estamos a falar das conhecidas Stablecoins.

Piquetagem de Tokens

No fundo é o ato de fazer staking numa rede, ou seja, colocar os seus tokens bloqueados numa rede blockchain, com o objetivo de apoiar a segurança da rede e as transações da mesma. Quando alguém coloca as suas moedas em stacking, numa rede blockchain POS, está a ajudar a segurança e a validar as transações, ainda que receba juros do pelo tempo de bloqueio. Isto é piquetagem, embora tenha acesso ás suas moedas não as pode usar para outros fins enquanto estiverem bloqueadas.

Phishing

Um ataque malicioso em que o objetivo da pessoa é tentar obter as credenciais de um usuário para obter acesso não autorizado á sua conta.

Plasma

Uma solução de escalabilidade fora da cadeia Ethereum que pode permitir que o ETH aumente significativamente a capacidade de transações por segundo.

POAP (Proof-of-Attendance-Protocol)

Prova que compareceu no protocolo, ou seja, o protocolo que cria emblemas digitais ou itens colecionáveis para comemorar e registar a presença em um evento.

Poisoned Address

Em português “envenenamento de endereço”, significa um golpe no mundo cripto. Consiste numa forma de criar endereços falsos, que se passam por verdadeiros. Em que a vitima envia as suas criptomoedas para um endereço controlado pelo hacker, julgando que está a enviar as suas criptos para a sua carteira, visto os endereços serem muito parecidos.

 

Política Monetária

Refere-se ás políticas que as autoridades criam e adotam para controlar a oferta monetária e as taxas de juros de um país ou região.

 

Polkadot Crowdloan

No fundo é o ato de fazer staking numa rede, ou seja, colocar os seus tokens bloqueados numa rede blockchain, com o objetivo de apoiar a segurança da rede e as transações da mesma. Quando alguém coloca as suas moedas em stacking, numa rede blockchain POS, está a ajudar a segurança e a validar as transações, ainda que receba juros do pelo tempo de bloqueio. Isto é piquetagem, embora tenha acesso ás suas moedas não as pode usar para outros fins enquanto estiverem bloqueadas.

Ponzi

Nome dado a um esquema de fraude em que o dinheiro dos novos investidores sé usado para pagar retornos prometidos a investidores anteriores. Ou seja, fuja de esquemas Ponzi.

Pool de Liquidez

Uma pool de liquidez é uma coleção de ativos que são mantidos juntos com o objetivo de fornecer liquidez a uma exchange ou plataforma de negociação descentralizada. Elas são usadas para garantir que haja uma quantidade suficiente de ativos disponíveis para serem negociados, sempre que um usuário desejar fazer uma transação. As pools de liquidez são geralmente alimentadas por usuários que depositam seus ativos (criptomoedas) na pool em troca de uma recompensa, como uma taxa de juros ou uma percentagem da negociação. Essas pools são comuns em plataformas DeFi (Finanças Descentralizadas), onde elas são usadas para garantir que haja liquidez suficiente para suportar a negociação de ativos digitais em contratos inteligentes.

Pool de Mineração

Uma pool de mineração é uma organização formada por mineradores que combinam seus recursos computacionais para aumentar suas chances de resolver o desafio matemático e validar uma nova transação na blockchain. Quando uma transação é validada, a mineradora recebe uma recompensa em forma de novas unidades da criptomoeda. Numa pool de mineração, os mineradores dividem a recompensa proporcionalmente à contribuição de cada um para a resolução do desafio matemático. Dessa forma, os mineradores que trabalham juntos numa pool têm maiores probabilidades de validar uma nova transação e, consequentemente, de receber uma recompensa, do que se estivessem trabalhando individualmente. Além disso, uma pool de mineração também pode oferecer uma infraestrutura mais confiável e estável para os mineradores, ajudando a garantir uma rede de blockchain mais robusta e segura.

POSA (Proof-of-Staked-Authority)

Proof-of-Staked-Authority, prova de aposta e prova de autoridade, melhorando a segurança da blockchain por meio de um sistema de aposta igual e validação equilibrada.

Position-Trading

Uma estratégia de negociação de longo prazo que envolve a compra e retenção de ativos financeiros por um período prolongado de tempo. 

Em vez de tentar lucrar com pequenas flutuações de curto prazo nos preços, como fazem os scalpers, os traders de posição procuram capturar grandes tendências de mercado, mantendo suas posições por semanas, meses ou até mesmo anos.

Essa estratégia envolve uma análise cuidadosa dos fundamentos do mercado, incluindo fatores económicos, políticos e de mercado, para identificar oportunidades de investimento a longo prazo.

Price Action

O movimento de preço de um ativo financeiro ao longo do tempo. Mostrado num gráfico, que depois pode ser usado pelos traders para identificar configurações comerciais.

Private Sale

Mais um método para arrecadar fundos para um projeto de criptomoeda. Private Sale ou venda privada, significa que irá ser feita uma venda privada de tokens, realizada por um projeto de uma criptomoeda antes do seu lançamento público. Essa venda dos seus tokens, é feita a um grupo fechado de investidores, geralmente são instituições ou investidores de alto património líquido, que ajudam no financiamento

Proof-of-Autority “PoA”

Proof-of-Authority é um algoritmo de consenso utilizado em algumas criptomoedas e Blockchains, em que a avaliação de blocos é realizada por uma pequena seleção de nós validadores autorizados. Ao contrário de outros POW, POS, o POA não depende de um processo de mineração ou de um sorteio para determinar o validador de um bloco. Em vez disso a validade é baseada na confiança nas identidades dos Nós Validadores Autorizados.   

Proof-of-History “PoH”

Proof-of-History é um conceito de consenso utilizado em algumas criptomoedas para provar a ordem e a integridade de eventos ocorridos em um determinado período de tempo. PoH gera uma Hash única que representa o histórico de eventos em uma Blockchain, tornando impossível a falsificação ou manipulação dos dados. Isso ajuda a garantir a segurança da rede e a transparência das transações realizadas.

Proof-of-Replication “PoR”

Proof-of-Replication ou Prova de Replicação, em tradução livre é um algoritmo de consenso usado em algumas criptomoedas para garantir que os nós da rede armazenem dados de forma confiável e eficiente.

O PoR é projetado para resolver o problema de armazenamento em disco na mineração de criptomoedas, que exige uma quantidade significativa de espaço em disco para armazenar dados de transações e histórico de blocos. Neste processo, os nós da rede são incentivados a armazenar esses dados de maneira confiável, a fim de garantir a segurança e a integridade da rede.

O PoR é uma alternativa ao Proof-of-Work (Prova de Trabalho) e ao Proof-of-Stake (Prova de Participação), que são outros algoritmos de consenso usados em criptomoedas. O Proof-of-Replication é considerado uma abordagem mais eficiente do que o Proof-of-Work em termos de consumo de energia, pois não requer o uso intensivo de recursos de computação para resolver problemas complexos.

Proof-of-Reserves “PoR”

Proof-of-Reserves é um método usado pelas exchanges de criptomoedas para provar que possuem a quantidade de ativos em criptomoedas que afirmam ter em suas contas, aumentando a transparência e a confiança dos usuários.

Isso é feito por meio da divulgação de uma prova matemática que mostra que a exchange tem em sua posse a quantidade de ativos em criptomoedas correspondente ao número de contas de seus clientes.

Proof-of-Stake “PoS”

Proof of Stake em Português, prova de Participação. É um protocolo em forma de algoritmo usado por uma criptomoeda. O seu objectivo é gerar confiança sendo esta a principal arma das criptomoedas descentralizadas. P.O.S. um algoritmo com que qualquer pessoa com um determinado valor em Tokens faz a validação das transações desses Tokens. Recebendo assim um valor económico resultante dessas transações. São as taxas regularmente chamadas de Fees. P.O.S. virá no futuro a ser utilizado pela grande maioria das criptomoedas. Por ser um protocolo muito mais económico que o P.O.W., gasta muito menos energia. Por consequência tem um menor custo económico.

Proof-of-SpaceTime”PoST”

O Proof-of-Spacetime é um algoritmo de consenso usado em algumas criptomoedas que utiliza o espaço em disco como recurso para a mineração.

Os nós da rede devem provar que destinaram e mantiveram um determinado espaço em disco disponível e inalterado por um período de tempo, por meio de um desafio matemático.

O Proof-of-Spacetime é uma alternativa mais eficiente em termos de consumo de energia do que o Proof-of-Work e é usado em criptomoedas como o Chia Network (XCH).

Proof-of-Work “PoW”

Proof of Work em Português Prova de Trabalho. É o algoritmo mais comum da Blockchain. Usado pelo Bitcoin, com alto uso computacional provoca altos custos em eletricidade. Sempre que um minerador vence o desafio e gera um novo bloco, faz com que todos os outros mineradores, comecem também do zero na mineração de novo bloco.

Proto Danksharding

O proto-danksharding serve como uma solução temporária de escalabilidade antes da implementação do danksharding, que marca a fase final do Ethereum 2.0 (Serenity).

Provedor de Liquidez

Os provedores de liquidez (LPs) são entidades ou indivíduos que fornecem ordens de compra e venda aos mercados financeiros para aumentar a liquidez do mercado e garantir um mercado estável e eficiente.

 

Pump

“Bombear” – Quando o preço da criptomoeda sobe muito e rapidamente.

Pump and Dump

“Bombeia e Deita Fora” – Um golpe associado a criptomoeda recentes. A moeda sai para o mercado, muitos influenciadores são pagos para lhe dar destaque. Os investidores apreçam-se a comprar e o valor sobe muito rapidamente. Os criadores da moeda vendem em massa e o valor cai rapidamente, normalmente para zero ou perto. Fazendo com que os investidores percam grande parte do seu dinheiro.

PWA

Progressive Web Application, nada mais que um aplicativo criado por uso de tecnologias Web modernas e que segue padrões básicos da Web.

P2P ou Peer To Peer 

Significado: “pessoa para Pessoa”. Esta expressão é usada quando nos referimos a uma transação de criptomoedas sem usar um intermediário. Ex: Eu envio Bitcoin da minha Wallet para a carteira de outra Pessoa, sem precisar de nenhum intermediário. Podemos comprar criptomoedas de duas formas, através de uma Exchange ou através de P2P (diretamente a outra pessoa).

Quantum Computing

Computação Quântica funciona usando partículas que podem estar em superposição. Essas partículas representam qubits em vez de bits e podem assumir o valor de 1,0 ou ambos simultaneamente.

 

Race Attack

Quando duas transações são criadas com os mesmos fundos ao mesmo tempo, com a intenção de gastar esses fundos duas vezes.

Rácio de Liquidez

Os índices de liquidez são um tipo de métrica financeira usada para medir a capacidade de uma empresa de pagar obrigações de curto prazo.

 

Ransomware

Um tipo malware que assume o controle do seu computador e ameaça destruir ou revelar arquivos, a menos que um resgate seja pago.

Rede

Cada transação de criptomoedas é registada na respetiva rede da criptomoeda. Por outras palavras, é registada na Blockchain onde a criptomoeda foi criada. Chama-se Rede, porque esse registo é feito e validado por uma rede global de computadores.

Redes Modulares

Redes modulares são sistemas de software que são construídos com base numa arquitetura modular, ou seja, onde os diferentes componentes do sistema são desenvolvidos como módulos independentes e interconectados, cada um responsável por uma função ou serviço específico. 

Essa abordagem permite que as redes sejam escaláveis, flexíveis e mais fáceis de manter e atualizar.

Em uma rede modular, os diferentes módulos podem ser atualizados ou substituídos sem afetar os outros, o que torna o sistema mais resistente a falhas e mais fácil de manter. 

Além disso, a modularidade permite que diferentes equipes trabalhem em diferentes módulos simultaneamente, acelerando o desenvolvimento do sistema.

as são complexos e difíceis de manter e atualizar, pois qualquer alteração feita numa parte do aplicativo pode afetar outras partes, e a implantação de novas funcionalidades geralmente requer o redesenvolvimento de todo o sistema.

Em uma arquitetura monolítica, todo o aplicativo é implantado em um único servidor, e cada solicitação dos usuários é processada pelo aplicativo inteiro.

Redes Monolíticas

São sistemas de software que são desenvolvidos e implantados como um único bloco monolítico, onde todas as funções e serviços são incorporados num único aplicativo. 

Geralmente, esses sistemas são complexos e difíceis de manter e atualizar, pois qualquer alteração feita numa parte do aplicativo pode afetar outras partes, e a implantação de novas funcionalidades geralmente requer o redesenvolvimento de todo o sistema.

Em uma arquitetura monolítica, todo o aplicativo é implantado em um único servidor, e cada solicitação dos usuários é processada pelo aplicativo inteiro.

Relay-chain

É o centro do protocolo da Polkadot. Podemos dizer que é o motor responsável pela segurança, pelo consenso e interoperabilidade entre várias Blockchains. É no Relay chain que as transferências de blocos são concluídas. Fazendo assim com que a blockchain Polkadot seja a base de todas as Parachains.

Resistance

Em Português resistência, termo usado em Análise Técnica (TA). Quando um preço de uma criptomoeda está a subir e encontra resistência num determinado valor. Esse valor deve-se a comparações com subidas anteriores.

Roadmap

É uma representação visual dos objetivos, metas e planos de uma equipe ou projeto envolvendo criptomoedas, incluindo blockchains, tokens e aplicativos descentralizados. Concentra-se no desenvolvimento de soluções de escalabilidade, privacidade, segurança e integração com outras tecnologias. O objetivo é fornecer uma visão clara dos planos futuros da equipe ou do projeto, alinhar as expectativas com os investidores e ajudar a garantir que todas as partes interessadas estejam trabalhando na mesma direção.

ROI

Vem do Inglês “Return Over Investment”, em Português Retorno Sobre o Investimento. É o resultado de uma fórmula matemática que lhe permite saber quantas vezes multiplicou o seu investimento, ou seja, ROI é = (Receita Gerada-Custos) / Custos. Imagine que ganhou 10 000€ e o seu investimento inicial foi de 1 000€, utilizando a fórmula ROI, ROI é = (10 000 – 1 000) / 1 000, isto é, igual a ROI = 9. Significa então que o seu ROI foi de 9 (nove) vezes o seu investimento inicial ou então poderemos dizer que teve um resultado de 9 x 100%, ou seja, mais 900%.

RollApps

Uma blockchain pré-pronta que é criada em poucos minutos, e que pode ser adaptada para qualquer necessidade/finalidade, como DeFi, NFT, GameFi e outras mais.

 

Rollups

Rollups são uma tecnologia de camada 2 na criptomoeda que visa melhorar a escalabilidade e a eficiência da camada 1, que é a blockchain principal. Eles funcionam colocando várias transações em uma única transação mestra, o que significa que, em vez de cada transação ser registrada individualmente na blockchain, elas são agrupadas em lotes. Isso significa que há menos carga na rede e as transações são confirmadas mais rapidamente. Além disso, rollups também permitem que a lógica de contratos inteligentes seja executada fora da blockchain principal, o que ajuda a reduzir a carga na rede. Em geral, rollups são vistos como uma forma de melhorar a escalabilidade e a eficiência da blockchain, enquanto mantêm a segurança e a transparência de uma rede descentralizada.

Routing Attack

Ataque de Roteamento, um ataque ao nível do provedor de serviços de internet, para afetar o tempo de atividade ou a participação em um sistema habilitado para web, como uma blockchain.

RSI

Relative Strength Index, ou índice de força relativa, ou seja, um indicador técnico que mede a dinâmica do mercado e é usado para identificar condições de sobrecompra e sobrevenda.

Rug Pulls

Traduzido à letra para Portugês será “Puxão de tapete ou puxadores de tapete”. O que há a reter com este termo, é que é utilizado quando nos referimos a uma criptomoeda que foi criada com o intuito apenas de ganhar dinheiro para os seus criadores. Criaram uma criptomoeda, atraíram investidores para o projeto, fizeram promessas que o projeto iria continuar a crescer, cada vez com mais soluções, as pessoas continuaram a investir o seu dinheiro nesse projeto. Normalmente muitos influenciadores, são pagos para atrair investidores, ou seja, todo mundo fala nesse projeto, e provoca-se uma onda de investimentos com o valor da moeda a subir todos os dias. De repente os criadores dessa criptomoeda, desaparecem com todo o dinheiro e a criptomoeda cai para valores próximos de zero, consequência as pessoas perdem todo o dinheiro investido.

Runes

Novo protocolo de token na rede Bitcoin, com o objetivo de facilitar e tornar mais eficiente para os utilizadores a criação de tokens fungíveis na blockchain.

RWA

Real Word Assets, ou ativos do mundo real, que são ativos físicos tangíveis com valor intrínseco, por exemplo como imóveis, mercadorias ou arte que são tokenizados para usa na blockchain.

Salto do Gato Morto

Expressão usada quando um ativo “token”, tem uma breve recuperação no preço que está em queda, e é logo seguida por uma continuação dessa tendência.

Satoshi 

Além de ser o nome da pessoa que criou o Bitcoin, Satoshi Nakamoto. Foi dado o nome de Satoshi aos cêntimos do Bitcoin. Portanto sendo que o BTC tem 8 (Oito) casas decimais, podemos dizer que são precisos 10.000.000 (Dez Milhões), de satoshis, para obter 1 (Um) BTC.

Satoshi Nakamoto

Terá sido quem criou a mais conhecida criptomoeda, o Bitcoin. Até à data não se sabe se é uma pessoa ou um grupo de pessoas, existem diversas teorias acerca da sua verdadeira identidade, mas até à data é tudo especulação. Desenvolveu o primeiro banco de dados de blockchain. Manteve-se no desenvolvimento do Bitcoin até Dezembro de 2010, tendo depois desaparecido e deixando a mensagem que se iria entregar a outros projectos. É o 15º mais rico do mundo, á data de 2021,detém 1.100.000 bitcoins.

Safu

Secure Asset Fund for Users (Safu), em português Fundo de Ativos Seguro para Utilizadores. Foi criado pela Exchange Binance, um fundo de seguro de emergência.

Scalping

Uma estratégia de negociação de curto prazo que envolve a compra e venda rápida de ativos digitais com o objetivo de obter lucro a partir das pequenas variações de preço.

Os Scalpers procuram fazer várias negociações num único dia, procurando obter lucro com pequenos movimentos de preço, muitas vezes em questão de minutos ou segundos.

Essa estratégia de negociação é considerada de alto risco, pois exige uma análise cuidadosa do mercado, a fim de identificar padrões e tendências.

Scam 

Significado “Fraude”. No mundo das criptomoedas, Scam é utilizado para designar, golpe cibernético. Está relacionado, com uma tentativa, de enganar as pessoas. Em muitos dos casos, leva as pessoas a comprarem uma moeda que não existe, ou a depositar dinheiro num site fraudulento. Por regra oferece grandes retornos financeiros com pouco investimento. Nunca deposite dinheiro ou compre uma moeda sem verificar primeiro a veracidade do site.

Seed Phrase

Também conhecida como Frase-Semente, é uma coleção de palavras (12 ou mais palavras) que podem ser usadas para ter acesso à sua carteira de criptomoedas.

Seed Sale

“Seed Sale” ou “venda de Semente”. Outro método para arrecadar fundos para um projeto de criptomoeda. Este destaca-se por os fundos ser arrecadados ainda na fase inicial do projeto. Por norma os investidores nestes projetos são conhecidos como investidores-anjo. Esta venda ocorre ainda antes de uma Private Sale. Os investidores serão institucionais, fundos de investimento de risco ou aceleradores de start-ups.

O SegWit separa a assinatura digital dos dados de transação, reduzindo o tamanho das transações e permitindo que mais transações sejam incluídas em cada bloco. Isso aumenta a capacidade da rede e reduz os tempos de espera e as taxas de transação para os usuários.

SegWit introduz algumas melhorias de segurança, como a prevenção de certos tipos de ataques de duplicação de transações e a capacidade de adicionar novos recursos à rede sem bifurcá-la.

SEC

A SEC significa: (Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos, em inglês Securities and Exchange Commission). É uma agência governamental ou federal dos Estados Unidos responsável por regulamentar e supervisionar os mercados de valores mobiliários e proteger os investidores. O seu papel fundamental é a aplicação das leis financeiras e na promoção da transparência e integridade nos mercados financeiros dos EUA. Acaba por influenciar economicamente o resto do mundo.

Segurança

A segurança refere-se à proteção da rede contra ataques maliciosos e a garantia da integridade das transações.

Segwit

É a abreviação de “Segregated Witness”, em Português “Testemunha Segregada”. É um protocolo implementado na criptomoeda Bitcoin, para melhorar o desempenho e a segurança da rede.

O SegWit separa a assinatura digital dos dados de transação, reduzindo o tamanho das transações e permitindo que mais transações sejam incluídas em cada bloco. Isso aumenta a capacidade da rede e reduz os tempos de espera e as taxas de transação para os usuários.

SegWit introduz algumas melhorias de segurança, como a prevenção de certos tipos de ataques de duplicação de transações e a capacidade de adicionar novos recursos à rede sem bifurcá-la.

Sentimento

A atitude geral de uma comunidade em relação a uma criptomoeda ou dos investidores em relação a um determinado mercado financeiro.

Sharding

É um método de divisão de Blockchains, em Blockchains menores e particionadas que governam segmentos de dados específicos.

 

Shitcoin

A palavra Shitcoin, refere-se a todas as criptomoedas que apareceram no mercado, e que são completamente inúteis. Pois este tipo de moedas, não trazem nada de valor agregado. Ou seja, não existe sequer um projeto para essa moeda. Mesmo que apareçam no mercado a subir de valor é aconselhável não investir nessas criptomoedas porque em breve passam a valer zero e é muito provável que perca todo o seu dinheiro investido.

Side-chain

Uma Sidechain é uma blockchain usada para melhorar o desempenho de uma blockchain que já existe. Isto é, ela valida blocos de outras Blockchains. Tecnologia desenvolvida para a interoperabilidade de Blockchains e adiciona funcionalidades sem alterar as Blockchains já existentes.

 

Site

Em Português, sítio ou lugar. Site significa o endereço eletrónico de uma página ou de uma plataforma eletrónica. Por exemplo o nosso Site é mercadocripto.pt este é o nosso endereço eletrónico.

Slippage

Slippage é um termo usado no mercado financeiro para descrever a diferença entre o preço esperado de uma transação e o preço realmente executado. No mundo das criptomoedas, o slippage refere-se à diferença entre o preço de uma ordem de compra ou venda e o preço real da transação no momento em que ela é executada.

Isso pode ocorrer em mercados voláteis, onde o preço da criptomoeda pode mudar rapidamente, resultando em uma diferença significativa entre o preço esperado e o preço real. Por exemplo, se colocar uma ordem de compra a um determinado preço, mas o preço da criptomoeda aumenta rapidamente antes que sua ordem seja executada,pode acabar pagando mais do que o preço esperado.

Smart Contrat

Em Português “Contrato Inteligente”. São algoritmos (programas) que rodam numa blockchain e que executam uma transação automaticamente, bastando para isso que determinadas condições previamente estabelecidas, aconteçam.

Smart Contrat Wallet

Carteira de contrato inteligente, é uma carteira criptografada que aproveita contratos inteligentes programáveis para introduzir funcionalidades avançadas e recursos de segurança aprimorados.

Snapshot

A capacidade de registar o estado de um livro-razão blockchain, dispositivo de armazenamento ou sistema de computador em um momento específico. Muito usado pelas instituições, antes do  lançamento de airdrops.

SocialFi

Abreviatura de Finanças Sociais, representa uma convergência dos princípios das finanças descentralizadas (Defi) com a dinâmica das redes sociais.

Social Recovery Wallet

Carteira de recuperação social, carteira criptográfica que permite a recuperação criptográfica, ou seja, utilizam contatos confiáveis para que os usuários possam recuperar o acesso em caso de perda de chaves ou esquecimento de senhas.

Social Trading

Comércio social é uma estratégia que permite aos indivíduos copiar o comportamento comercial de investidores especializados e profissionais de mercado, muitas vezes em tempo real.

Soft Fork

Traduzindo para Português das criptomoedas, será “Bifurcação Suave ou Calma”. Estamos perante uma atualização da criptomoeda em questão, quer seja sobre segurança, escalabilidade, ou outra situação qualquer. Mas neste caso a alteração a efectuar é de comum acordo com todos os intervenientes nesta decisão. Então podemos dizer que será uma actualização pacífica e suave, estamos perante um Soft Fork. Neste caso é normal que os investidores nem se apercebam que a mesma aconteceu.

Solidity

Solidity é uma linguagem de programação, especialmente projetada para escrever e implementar contratos inteligentes na blockchain Ethereum.

Source Code

Código de computador, responsável por definir como o software funcionará com base em uma lista de instruções e declarações.

SPL

Solana Program Library, ou seja, Biblioteca do Programa Solana. É um conjunto de regras e protocolos que regem como os tokens se comportam e interagem na rede Solana.

 

Stablecoin

É uma moeda digital, com um valor estável. Isto significa que tem baixa volatilidade. Uma moeda com o valor atrelado a uma moeda fiduciária. Tomemos como exemplo o Dólar e as Stablecoins USDT ou BUSD são moedas digitais com o mesmo valor do Dólar. Ou seja, 1 USDT ou 1 BUSD tem o mesmo valor que 1 Dólar.

Stakers

são investidores que colocam uma criptomoeda bloqueada num protocolo em troca de uma recompensa ou incentivo, sendo ainda que esse depósito ajuda a dar segurança à rede usada.

 

Staking ou Stake

Em Português “ Apostar ou Apostando”. Tradução à letra nem sempre é a mais correta. Significa obter juros da criptomoeda que está bloqueada durante x tempo. Algumas Exchanges têm programa de staking, compram a criptomoeda e depois ao coloca-la em staking ela fica bloqueada durante 1, 2, 3, 4 meses. Quanto mais tempo maior os juros sobre essa criptomoeda.

Staking Pool

A tradução não será a melhor como “piscina de apostas”. Piscina será o nome dado a um local na web onde os utilizadores colocam os seus tokens em staking, ou seja, bloqueados por um determinado tempo. Com o objetivo de receber juros dos tokens bloqueados. Podendo ainda combinarem entre si com o seu poder de participação para aumentar as suas hipóteses de validar com sucesso um novo bloco.

 

Startup

Por norma é uma pequena empresa emergente de base tecnológica, com um modelo de negócio inovador e ideias disruptivas. Tem como objetivo crescimento rápido e escalabilidade. Promete resolver problemas ou atender a pedidos de mercado não resolvidos.

Store of Value

Um produto, ativo ou moeda que pode ser guardada e trocada numa data futura, sem sofrer depreciação, ou seja, sem perder valor.

Subprime

Foi uma crise financeira que começou a 24 de julho de 2007, com o início na queda do índice Dow Jones. Provocada pela concessão de empréstimos hipotecários de alto risco. Arrastando assim vários bancos para a situação de insolvência, repercutindo-se pelo mundo inteiro.

Supply-chain

Um grupo de pessoas e empresas que criam e distribuem um determinado produto ou se dedicam ao atendimento de um cliente específico.

Support

Em Português suporte ou apoio, termo usado em Análise Técnica (TA). Quando um preço de uma criptomoeda está a descer e encontra um “suporte ou apoio” num determinado valor. Esse valor deve-se a comparações com descidas anteriores.

 

Swap

Abreviação de “Swap Space” ou em Português “Espaço de Troca”. Transação entre duas partes de uma criptomoeda por outra.

Swing Trade

Este investidor do mercado cripto, negoceia num curto espaço temporal, que poderá ser de dias ou semanas. Analisa o mercado, e segue a tendência do mesmo, focando-se em investimentos a curto prazo. (Também é uma estratégia que requer um bom conhecimento do mercado cripto).

Taker

O utilizador que decide fazer um pedido que corresponde instantaneamente a um pedido existente na carteira de pedidos.

 

Testnet

Testnet significa rede de teste. Ou seja, a blockchain utiliza uma rede própria por onde circulam os seus ativos. Antes de ser lançado uma nova blockchain com a rua respetiva rede, é criada uma testnet. É literalmente uma rede de envio de tokens a funcionar, só que com uma pequena diferença, aqui o valor dos tokens são fictícios, serve apenas para os desenvolvedores verificarem erros na rede e ver como ela se comporta com uma utilização maciça. Por norma os utilizadores de redes de teste “Tesnet”, são recompensados com tokens verdadeiros dessa rede quando são efetivamente lançados.

 

 

TGE

Token Generation Event ou Evento de geração de token. Quer isto dizer, que estamos a falar de um método de crowdfunding usado por projetos e empresas de blockchain para lançar tokens e arrecadar fundos.

 

Token

Tem vários significados, mas o que nos interessa aqui será ligado ás criptomoedas. Token significa a representação digital de um ativo (por norma tem um nome, ex.: Bitcoin, representado por 3 a 4 letras, ex.: BTC e um símbolo). Esse ativo pode ser dinheiro, um investimento ou até uma propriedade digital). No fundo podemos dizer que praticamente tudo pode ser representado por um token, ou seja ter uma representação digital. Todas as criptomoedas são tokens, mas nem todos os tokens são criptomoedas.

Token Alavancado

Os tokens alavancados são um tipo derivado de criptomoeda que permite aos traders obter exposição alavancada a uma criptomoeda específica sem ter que gerenciar ativamente os requisitos de margem. Eles são projetados para fornecer aos traders uma maneira simplificada de negociar posições alavancadas em criptomoedas.

 

Token Deflacionário

Um token deflacionário significa que a oferta de tokens que está em circulação vai ser reduzida ao longo do tempo, ou seja, são ativos criados com um limite definido de unidades. Existe também um limite definido de tokens que são queimados durante cada ano que passa, fazendo assim que a oferta em circulação diminua com o passar dos anos.

 

Token Inflacionário

Um token inflacionário significa que é uma criptomoeda que é gerada continuamente, ou seja, sem limite definido de quantas unidades vão ser criadas. Tal como dólar e euro, quando não há fabrica-se mais e depois vem a inflação.

 

Token Lockup

O bloqueio do token ou aquisição do token, refere-se ao período de tempo em que os tokens ou moedas não podem ser transferidos ou negociados. Ficam bloqueados por um pré-determinado tempo.

Token Sale

Refere-se à emissão de tokens em troca de outra criptomoeda. Também conhecida como Oferta Inicial de Moedas.

Token Standard

Aprenda mais sobre os padrões de token ERC-20, ERC-721, BEP-20, TRC-20 em redes blockchain. Entenda o seu funcionamento nas transações de criptomoedas e nas aplicações descentralizadas.

Tokenização

Este termo refere-se ao processo de conversão de ativos do mundo real, arte, imóveis ou até instrumentos financeiros, em tokens digitais em uma blockchain.

Tokenomics

Uma combinação de token com a economia, muito importante porque nos permite ver como funciona um token, juntando vários fatores que podem afetar o seu valor.

Total Supply

Quantidade de moedas que já foram criadas, menos as moedas que foram queimadas, pelo Mecanismo de Queima.

TPS

TPS é a sigla para “Transactions Per Second” (Transações por Segundo, em português). É uma métrica que mede o número de transações que um sistema é capaz de processar em um segundo.

No contexto das criptomoedas e das blockchain, o TPS é usado para medir a capacidade de processamento de transações de uma rede. Uma rede com um alto TPS é capaz de processar um grande número de transações em um curto período de tempo, o que pode ser um fator importante para a adoção e uso em massa da criptomoeda.

Não sendo a única métrica importante para a eficiência de uma rede blockchain. Outros fatores, como segurança, descentralização e escalabilidade, também são importantes e precisam ser levados em consideração ao avaliar a qualidade de uma rede.

 

Trader

Nome que se dá a uma pessoa, que realiza transações de compra e venda de criptomoedas numa Exchange. Utilizamos este termo Trader, para quem opera na Exchange num curto espaço de tempo. Dedica grande parte do seu dia-a-dia, a comprar e vender, com o intuito de realizar ganhos imediatos.

TRC 20

É uma rede Blockchain (TRON) que além de permitir criar e lançar projetos na sua Blockchain, permite enviar e receber tokens criados nesta rede como ex.: TRX. Curiosidades os endereços de TRC20 começam sempre por TWfhKKHGF7689867BV6….

TradFi

Expressão usada para definir o sistema financeiro estabelecido com o qual a maioria das pessoas interage no seu dia a dia, são as Finanças Tradicionais.

 

Transaction ID (TXID)

A expressão TXID, refere-se ao ID “registo” da transação, ou seja, é uma sequência de caracteres que representa uma transação especifica feita numa determinada blockchain.

 

 

Trilema

O trilema das criptomoedas é um conceito que afirma ser impossível criar uma criptomoeda que seja simultaneamente escalável, descentralizada e segura. Saber mais…

 

TVL

Total Value Locked ou Valor Total Bloqueado. Isto significa que o TVL é uma métrica amplamente utilizada no mundo das criptomoedas que mede o valor total dos ativos bloqueados em um protocolo de finanças descentralizadas (DeFi).

 

Turing

Alan Turing foi um matemático, criptoanalista e computacionista britânico considerado um dos pais da computação moderna. A “Máquina de Turing”, uma das primeiras conceções de computador, é nomeada em sua honra. Máquina de computação capaz de resolver qualquer problema que possa ser formulado em sua linguagem de programação.

 

UI

UI – User Interface, em inglês ou em Português Interface do Utilizador é o meio pelo qual os usuários interagem com um produto ou sistema, seja ele um software, um aplicativo, um site, um dispositivo eletrónico ou qualquer outro tipo de tecnologia. 

A UI inclui todos os elementos visuais, de áudio e de interação que compõem a experiência do usuário, desde a aparência e o layout até os ícones, menus, botões, janelas e outros componentes interativos.

Unidade de Conta

É uma característica especifica do dinheiro. A sua utilidade é medir e comparar o valor de coisas diferentes.

 

Utility Token

Um token digital que foi ou será emitido através de uma rede blockchain, poderá ser feito de várias maneiras as mais comum são: ICO Oferta inicial de moeda, IEO oferta inicial de troca, TGE evento de geração de token.

 

Validador

A pessoa que minera uma criptomoeda numa Blockchain POS (proof-of- stake). Ela participa nessa Rede, e tem como função verificar e validar os novos blocos de transações e adicioná-los à rede. Ao fazer este trabalho recebe recompensas em criptomoeda dessa Rede.

 

Verification Code

Refere-se a um código enviado para um dispositivo alternativo, para garantir a identidade que faz login em uma conta. Usado na autenticação de dois fatores.

 

Virtual Machine

Máquina virtual, um sistema de computador projetado para replicar os recursos contidos na arquitetura de um computador.

 

Volatilidade

Refere-se à rapidez com que o preço de um ativo muda. Calculado em termos de desvios padrão no retorno anual de um ativo durante um determinado período de tempo. Muito aplicado ás criptomoedas, visto elas oscilarem muito de preço num custo espaço temporal.

 

Volume

Refere-se a uma quantidade significativa de um ativo que mudou de proprietário num mercado durante um determinado tempo.

 

 

Wallet

Significado “Carteira”. No mundo cripto, Wallet serve para guardar as moedas. Uma carteira eletrônica, onde pode armazenar, receber ou enviar as suas criptomoedas. Deverá pesquisar com critérios rigorosos para adquirir uma Wallet. Seja ela física ou numa Aplicação. Saber mais…

Web 3.0

Não existe uma definição por si só. A Web 3.0 é a evolução da internet como a conhecemos, ou seja, até ao ano de 2000 a Web 1.0 era na sua maioria páginas estáticas com texto e poucas imagens. Web 2.0 evoluiu até aos dias de hoje como a conhecemos, Milhões de sites e Aplicações todos eles a recolherem dados sobre os utilizadores, chegando ao ponto de saberem mais das pessoas do que elas próprias. A Web 3.0 é um conjunto de alterações, como a descentralização, as criptomoeda, os NFTs, os Meta versos. Tudo isto construído em Blockchain sem nenhuma grande empresa tecnológica a recolher os nossos dados e informações. Uma internet em que de facto seremos donos dos nossos próprios dados em que temos realmente mais privacidade.

White Paper

 É um documento que tem como objetivo explicar qual o fundamento de uma Criptomoeda ou Token. Porque foi criado, para que vai servir, que problema se propõe a resolver etc. No fundo descreve toda a informação relevante sobre esse ativo.

Wrapped Tokens

Wrapped tokens são tokens de ativos digitais que representam outros ativos digitais numa rede diferente. São ativos existentes, como criptomoedas, numa nova Rede, criando uma “representação” digital do ativo original. Isso permite que os usuários possam interagir com os ativos subjacentes de uma forma mais conveniente e eficiente, como transferência de ativos, negociação em exchanges e participação em protocolos descentralizados. Alguns exemplos de wrapped tokens incluem o Wrapped Bitcoin (WBTC) que roda na rede Ethereum permitindo assim ter Bitcoin na Ethereum. Outro exemplo é o Wrapped Ether (WETH).

Yield Farming

Ou Farm, “Agricultura de Rendimento”. De forma simplificada, podemos dizer que é uma forma do utilizador/investidor ganhar tokens Defi sem necessitar minerar ou comprar esses tokens. No fundo é um investimento que rende juros. O investidor bloqueia os seus tokens Defi e com esse bloqueio recebe juros. Protocolos onde pode encontrar Yield Farming, ex: AAVE; Pancakeswap; Uniswap; Compound.

Zero Knowledge Proofs

Prova de conhecimento zero, tem como objetivo verificar se as transações são válidas sem revelar qualquer informação sobre essas transações, proporcionando privacidade à transação e mantendo a sua legitimidade.

 

ZK Rollups

É uma tecnologia criada para baixar as taxas de transação na rede Ethereum, mantendo a segurança que a rede oferece.

ZK Snark

“Argumento de conhecimento sucinto e não interativo de conhecimento zero” uma variante dentro do conhecimento zero.

 

ZK Stark

Os zk-STARKs permitem que o provador comunique dados validados ou execute cálculos com terceiros sem que os dados ou análises sejam revelados à contraparte o verificador.

 

 

  • Esperamos que tenha gostado do nosso Dicionário de Criptomoedas se tiver alguma questão contacte-nos. Através da página de contactos ou através do chat disponível na página. Obrigado pela sua visita, até breve.
Número interessante
10 0
plugins premium WordPress
Mercado Luso SMS

Entre para o nosso Grupo. Receba informações atualizadas sobre o mundo das criptomoedas!

Explicamos tudo de forma simples!!!